"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia sem fatos, a minha historia sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." Bernardo Soares

Aviso das Imagens

P.S. informo que todas as imagens aqui postadas foram retiradas da net, caso sejam de sua autoria por favor informe que darei os devidos créditos e caso não deseje a postagem a mesma será retirada.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

VIAJANDO - comemorar Ano Novo na Praia! Fuiii


FELIZ 2011


Encerra-se mais um ano em sua vida...
Quando este ano começou, ele era todo seu.
Foi colocado em suas mãos...
Podia fazer dele o que quisesse...
Era como um Livro em Branco, e nele você podia ter um poema, um pesadelo uma blasfêmia, uma oração.
Podia...
Hoje não pode mais, já não é seu.
É um livro já escrito... Concluído...
Como um livro que tivesse sido escrito por você, ele um dia lhe será lido, com todos os detalhes, e não poderá corrigi-lo.
Estará fora de seu alcance.
Portanto... Antes que termine este ano, reflita, tome seu velho livro e folheie com cuidado... Deixe passar cada uma das páginas pelas mãos e pela consciência;
Faça o exercício de ler a você mesmo.
Leia tudo...
Aprecie aquelas páginas de sua vida em que usou seu melhor estilo.
Leia também as páginas que gostaria de nunca ter escrito.
Não... Não tentes arrancá-las.
Seria inútil... Já estão escritas.
Mas você pode lê-las enquanto escreve o novo livro que será entregue.
Assim, poderá repetir as boas coisas que escreveu, e evitar repetir as ruins.
Para escrever o seu novo livro, você contará novamente com o instrumento do livre arbítrio, e terá, para preencher, toda a imensa superfície do seu mundo.
Se tiver vontade de beijar seu velho livro, beije.
Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele e, a seguir,
coloque-o nas mãos do Criador.
Não importa como esteja... Ainda que tenha páginas negras, entregue e diga apenas duas palavras:

Obrigado e Perdão!!!

E, quando o novo ano chegar, lhe será entregue outro livro, novo, limpo, branco, todo seu, no qual irá escrever o que desejar...

FELIZ LIVRO NOVO !


*Desconheço a autoria - se alguém souber me infome.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Mudança... (sempre necessária para a vida, e só depende de nós)

Faço minhas as palavras de Clarice.
Nesta transição de ano precisamos de mudanças.
E não adianta reclamar como por vezes faço, é necessário atitude!
Para melhorar é preciso mudar e querer viver!
Feliz 2011!



"Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa.
Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas.
Dê os seus sapatos velhos.
Procure andar descalço alguns dias.
Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda.
Durma no outro lado da cama...
Depois, procure dormir em outras camas.
Assista a outros programas de tv, compre outros jornais... leia outros livros.
Viva outros romances.
Não faça do hábito um estilo de vida.
Ame a novidade.
Durma mais tarde.
Durma mais cedo.
Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias.
Tente o novo todo dia.
O novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor.
A nova vida.
Tente.
Busque novos amigos.
Tente novos amores.
Faça novas relações.
Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida, compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.
Escolha outro mercado... outra marca de sabonete, outro creme dental...
Tome banho em novos horários.
Use canetas de outras cores.
Vá passear em outros lugares.
Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.
Troque de bolsa, de carteira, de malas, troque de carro, compre novos óculos, escreva outras poesias.
Jogue os velhos relógios, quebre delicadamente esses horrorosos despertadores.
Abra conta em outro banco.
Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus.
Mude.Lembre-se de que a Vida é uma só.
E pense seriamente em arrumar um outro emprego, uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano.
Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.
Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino.
Experimente coisas novas.
Troque novamente.
Mude, de novo.
Experimente outra vez.
Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia.
Só o que está morto não muda !
Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual a vida nãovale a pena!
***Texto de Clarice Lispector

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Conversas insanas... mas verdadeiras...

Bom... em mesa de bar (Bier Fass - Pontão) sai todo tipo de conversa.
O comprimento do vestido da cantora que se apresentou com o Roberto Carlos, politica, festa na esplanada dos ministérios, o porre da mulherada, aulas de dança e por assim vai.
No final da noite, depois de rolar até " ela tá de saia e de bicicletinha"...
(e acreditem eu dancei isso, kkkkkkkk o que não fazemos com um grupo de amigas). Retornando ao fio da meada, ao final da noite, começamos a conversar sobre o amor verdadeiro.
Sobre quem já o encontrou? O que é o amor verdadeiro? Quem quer o amor verdadeiro?
Típica conversar de bêbadas, com o detalhe de que eu não bebo.
Para minha surpresa, um colega sentou na mesa e adentrou o papo. E para meu desespero, o mesmo proferiu suas opiniões com a convicção de um especialista.
É o mundo masculino também suas crises com o coração.
A discusão ficou excitante no momento que ele disse que o amor é um jogo...
A mulherada logo rebateu:
- Se é um jogo não é amor!
Explicando-se ele disse: é um jogo sim, a conquista, o ceder, o entender...
Não adianta ter pele se não tem conteúdo. Se não tem cumplicidade e estratégia.
Primeiro é interesse, depois o chamego, depois a conquista e por último o manter!
É tudo um jogo mesmo, saber dar espaço sem se fazer ser esquecido, aceitar defeitos, impor desejos, conversar, não grudar, provocar a saudade, dividir e por assim vai.
O gostar, o amar envolve muito mais atitudes do que sentimentos em si.
Essa história de amor que transcende não é real de tudo.
Alma gemea? Pode até ser... mas sem o famoso " joguinho" o amor não resiste, não existe.
Pensamento interessante desse colega.
Acredito que aquele "amor" possessivo eu já tive, me consumiu, me deixou em êxtase, virou meu corpo e mente.
Toda mulher deseja um amor verdadeiro, assim como o homem (fato confirmado ontem).
E acredito que a frase dita pela Vanessa seja verdadeira:
"O AMOR VERDADEIRO NÃO ACABA, SE ACABOU NÃO ERA AMOR."
Mesmo que não estejam juntos o verdadeiro amor persiste, torna-se inesquecivel e sempre será lembrado. Segue junto de mãos dadas mesmo em pensamento.
Então ...
depois dessa conversa acho tive paixões que achei serem amor...
No momento levo um relacionamento calmo e tranquilo.
(será que posso chamar de relacionamento enrolado?... vou perguntar aos universitários!)
Entre aspas claro, essa tranquilidade e calma... tenho que ter paciência e compreender muita coisa. Aceitar para seguir em frente... são problemas que fogem de minha condição para serem resolvidos. Quero apoiar, quero cuidar...
Não sei o que ele deseja... o que realmente quer... sei que me aceitou em sua vida e me faz fazer parte dela aos poucos, de sua maneira... tentando me compreender também.
Nunca fui paciente confesso... sempre fui imediatista... mas estou tranquila... não me corroí por dentro duas ausências ou distancias. Estou aprendendo.... é uma paixão tranquila, algo que sei que vale a pena consolidar e esperar... alguém que acredito ser maravilhoso amar!
Tenho medo apenas de que os famosos joguinhos estraguem tudo.
Não quero jogar... quero amar!
Será que alguém mais quer?

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Decobri que Mel pode ser igual a Fel

é linda não é?
sério? é uma cachorrinha linda...
é a MEL!
mas quem vê fucinho não vê coração!

Ohhh cachorrinha ciumenta!
Cão de guarda de primeira!
Morde, arranha, lati e ataca!
Mesmo assim é linda... e interesseira...
só chegou perto de mim para furtar salsichas!


Buaa!!




terça-feira, 21 de dezembro de 2010

2010 - 2011

Não sei o que me espera para 2011.
O ano de 2010 está com seus dias contados.
10 dias para o seu final.
Ano de muitas transformações.
Divórcio - fim de uma amor que achei que seria eterno.
Viagens - coisa que não fazia tinha tempo
Início do Mestrado
Noivado... (que pode ter sido um erro ou não.)
Amores que se vão.
Novas faculdades para lecionar.
Acidentes de saúde....
Coisas boas e ruins.
Crescimento, amadurecimento...
Aprendi a separar o joio do trigo
Os falsos dos verdadeiros.
Novos amores, que ficam.
Não posso negar que foi um ano cheio de transformações!
No final de seus dias... o ano de 2010 me forneceu mais algumas surpresas.
Paixão que me inunda de alegrias e emoções meu simples corpo.
Amigos novos e maravilhosos.
Amigas que sempre me apoiam em tudo.
O reencontro com amizades que nunca se acabaram mais a própria vida da jeito de afastar.
Devemos mesmo iniciar 2011 com alguns conselhos
"É urgente destruir certas palavras, Ódio, solidão e crueldade,
Alguns lamentos, Muitas espadas."
Desejo muita coisas para 2011.
Mas principalmente viver intensamente amores e paixões.
Estou pronta para novos desafios.
Que venda 2011 repletos de momentos onde eu estufe o peito e grite:


" ...É a vida, é bonita e é bonita
Viver, e não ter a vergonha de ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser um eterno aprendiz
Ah meu Deus eu sei, eu sei
Que a vida devia ser bem melhor e será
Mas isso não impede que eu repita
É bonita, é bonita e é bonita
Viver, e não ter a vergonha de ser feliz..."

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Por meros minutos pude sentir seu toque,
sentir seus lábios nos meus...
suas mãos nos meus cabelos,
seu cheiro no ar...
Uma noite que foi esperada...
Não correu como imaginávamos...
saiu tudo do nosso controle...
no silencio da noite que nos envolvia,
entretanto, vi em seus olhos o quanto de sentiu frustrado. Vi em seu olhar como desejava que aquele acontecimento não fosse verdadeiro.
Que fosse um conto saído de um livro.
Então...
como única alternativa,
juntei minhas pequenas coisas e roupas espalhadas pela casa, e saí...
Sem mágoas ou ressentimento.
Segui a noite e a lua em seus acontecimentos inesperados.
Compreendo que tudo tem seu momento...
a saudade vai aumentar... o desejo inundar nosso corpo.
O que fazer?
Somente esperar...
nada mais podemos fazer ...
o que não tem remédio remediado está...
Li em algum lugar...
"não acredite em meus atos eles contradizem minhas palavras, não acredite em minhas palavras elas podem iludir, acredite em meus olhos, eles não metem ou traem... apenas existem"...

Seu olhar me fez sentir a dor que sentia, ver sua loucura e desespero.
Ver a verdade que existe em seus sentimentos.
Lágrimas rolaram de meus olhos...
sim... lágrimas desceram por minha face...
mas não por tristeza, mas por me sentir impotente...
por não poder fazer mais por você...
por não poder de acalentar diante das adversidades da vida.
Uma noite não desfrutada em sua complexidade...
uma noite de pouco que significou muito...
porque nessa noite vi seus sentimentos...
nessa noite consegui compartilhar com você...
você se abriu um pouco... me mostrou seu problema...
me deixou passar a mão em seu rosto e tentar de alguma forma
demonstrar que estou ali não somente para sorrir... mas para te entender, compreender e compartilhar...
uma próxima noite virá... e será completa!
Desejo você mais do que antes... pois vi sua alma... transparente e indefesa!
Pareço insana, uma menina... mas sou capaz de compreender as mentes e situações mais sombrias.
De-se a chance de perceber que não estás sozinho mais....

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Pensamento do dia!

Saudade é não saber.
Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos,
não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento,
não saber como frear as lágrimas diante de uma música,
não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Trair e coçar é só começar....

Sério gente... é a real. Quem nunca na vida já foi traído, traiu ou foi a pessoa usada na traição...Eu já passei por esses três pontos. Atire a primeira pedra o santo do pau oco.... Um espirro e homem trai, uma saída do trabalho homem trai e por assim vai... a lista é extensa....Digo isso, porque passei por situação cómica... é claro que é melhor sabermos que seremos a pessoa usada na traição, isso se aceitarmos ser a outra, do que descobrir da pior maneira possível. Com a traída ligando para tomar satisfação.
Homens nunca estão satisfeitos com as mulheres que tem.
Podem ser as mais lindas e fabulosas possíveis que adoram "ciscar" fora do galinheiro.
Não sou santa... mas temos que deixar bem claro.
Mulheres traem quando sentem falta de atenção, carinho e amor.
Homens traem pela aventura, para se auto afirmarem.
Não condeno ninguém... como já disse, não sou, não fui e nunca serei santa.
Entretanto, estando apaixonada, amando e sendo correspondida fico igual aqueles cavalinhos que cavalos usando o tal cabestro.
Cega... (como estou agora) e não consigo sequer olhar para o lado.
Recebi uma proposta um tanto inusitada.... de ser a outra... ( /pif) ai ai ....
Perigo eminente. mas sem risco de aceitação!
Para entrar nessas ondas, para a mulher é necessário calor humano...
nada automático. tem que cultivar....
Homens tem crises existências que nos fazem pirar...
Homens acham a namorada do amigo mais bonita....
Homens acham que se não tiverem duas mulheres não serão machos o suficiente...
Começam a trair e não param mais... e tudo é motivo....
Lembro-me bem... de um caso do ano passado... esse não me arrependo de ter passado... não eu não traí.... ele traiu... eu fui o objeto para o fato.... kkkkkkkkkk DETALHE RELEVANTE: EU ESTAVA SOLTEIRÍSSIMA NA ÉPOCA DO FATO OCORRIDO!
Não nego que foi perfeito, adorava cada momento junto a ele. Aproveitava ao máximo, mas usando as sábias palavras desse querido traidor " tentamos escapar da situação, mas a pele e o resto não deixou... tem sentimento e algo mais... há uma troca forte de algo mais... não é somente carnal!... o saudade do meliante.
Mas não sei se quero passar por isso de novo.
Homens começam a trair e não param mais. É igual a coceira no "saco"... é toda hora!
Pintou oportunidade, lá vai... e a mulherada alimenta tais situações.
Qual a graça da traição? Ainda não tenho essa conclusão.
Gosto mesmo e de curtir a companhia...
Estou sentindo saudades no momento.... muitas... e nem por isso penso em me entregar a situação, e não é de caso com traição não que estou com saudades... é da minha única fruta mesmo!! Sou fiel á minha iguaria específica.
Apesar de estar um pouco ocupada, é algo que vale a pena esperar!
O sabor é inconfundível... as sensações fornecidas e sentidas são perfeitas!
Então para que trair ou coçar...
Vamos amar!
(OPS! i said that??, yes... I think so... and you?I am full of passion and scream to the world )
(...) Eu nunca vou entender porque a gente continua voltando pra casa querendo ser de alguém, ainda que a gente esteja um ao lado do outro.
Eu nunca vou entender porque você é exatamente o que eu quero, eu sou exatamente o que você quer, mas as nossas exatidões não funcionam numa conta de mais...
Mas aí, daqui uns dias.... você vai me ligar.
Querendo tomar aquele café de sempre, querendo me esconder como sempre, querendo me amar só enquanto você pode vulgarizar esse amor.
Me querendo no escuro. E eu vou topar.
Não porque seja uma idiota, não me dê valor ou não tenha nada melhor pra fazer.
Apenas porque você me lembra o mistério da vida.
Simplesmente porque é assim que a gente faz com a nossa própria existência:
não entendemos nada, mas continuamos insistindo."

Trair e coçar é só começar.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Sinto saudade de sua pele,
sinto saudade de você.
Pareço mera menina mimada aos seu lado,
em outros momentos sou uma mulher forte,
decidida, sexy e dominadora.
Você se perde em meus cabelos.
Fixa seu olhar em minha fisionomia.
Se desmorona aos meus sussuros.
Controla-se enquanto pode.
Suplica por meus apelos, meus dengos, meu jeito.
Meu cheiro impregnado em você está.
Mas foges, demasiadamente confuso,
entre emoção e razão.
Perdes por medo de viver e se entregar.
Minhas pernas se enroscam sem seu corpo.
Você gosta de ver sucumbindo ao seu prazer...
conseguirá resistir ou esconder por quanto tempo mais?
Esconder essa vontade que te assola...
o desejo que te consome...
deixe a duvida e os questionamentos de lado.
Fazer-te-ei encontrar paz em meus braços....
entregue-se... deixe-me mostrar o caminho!

Caraca!
Homens deviam vir com manual de instrução!
Nunca estão satisfeitos com nada!!
e não entendem nada do que dizemos!
Coisas básicas e diretas ainda ficam catando mosca!
Alguém se habilita a tentar rascunhar um comigo?
Ia ser um best seller!! kkkk


sábado, 11 de dezembro de 2010

Pedido para o Papai Noel!



Fui uma boa "menina"

Quero uma pílula do esquecimento ou o dom da amnésia!

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Raiva


nada a declarar....
a raiva que me consome me deixou muda!
Sei que devo colocar para fora...
é como tomar veneno...
mas no momento não consigo...
Que ódio!
Pronto! Falei!


"Sentimento poderoso esse né? É tão difícil me deixar com raiva, mas quando acontece fico uns três dias pelo menos emburrada, não dá vontade de olhar pra cara da pessoa, me dá vontade de me isolar, me dá vontade de sair socando, e em casos extremos sair matando. A raiva faz você fazer coisas que em estado normal não fazeria, ela provoca uma ira incontrolável, quem nunca teve um acesso de ira??? Hoje simplesmente estou passando por um, simplesmente ele não passa. Parece que vai durar uma eternidade, como um sentimento é capaz de mudar um dia, estou com uma tremenda dor de cabeça que não passa..."

"Esperar por você é como esperar chuva na seca,inútil e decepcionante"

Inútil esperar que me entenda.
Inútil esperar que seja meu amigo.
Decepcionante perceber que cada minuto
dedicado não passa desilusão
Cometo erros como todos.
Sou a mais imperfeita das mulheres.
Desejo ser feliz e mais nada
Se não me compreendes...
não podes de me "possuir"

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010


a única coisa que posso dizer é que a dor pode matar.
machuca em um olhar,
em um sentir,
e se cura no lacrimejar.
não entendo porque o coração doí
é apenas um músculo
não penso
só sinto
e percebo que acabou.
embora foi ... me deixando leve... apesar da dor.
aberta a coisas novas, e anciosa por sentir e viver de novo.
o pior é perceber que o novo,
não pensa em se entregar
a dor foi embora pois a paixão chegou
o problema é se ela quer ficar...
ou melhor o motivo da paixão
deseja se entregar?
Porque entregue eu já estou....

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

O que significa sexy-appeal?
É ser sensual sem ser vulgar!!!!
Ser poderosa, ter aquele jeitinho todo especial de cruzar as pernas, mexer nos cabelos, o jeito de olhar.. enfim....
Os homens tem a mania de achar que a roupa que faz a mulher ser sexy.
Ahhh ciumes!
Os homens tem que saber lidar com isso. Uma mulher pode não ter aquela beleza deslumbrante, mas pode chamar atenção muito mais em um local do que a miss Brasil.
O pior é que vários não sabem lidar com isso e criam cenas horripilantes.
Ciumes é uma coisa, ridículo e outra.
Tem aqueles casos ainda de que o homem não sente ciumes algum!
Ahhh isso é matar na unha.
Tem que ser equilibrado e valorizar a mulher que tem o sexy-appeal.
Ciumes na dose certa, exibicionismo também!
Com certeza, uma mulher com sexy appeal é muito mais valorizada do que a simples beleza cream craquer! kkkk

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

"Eu não tenho medo do amor.
Eu tenho medo é de amar quem tem medo dele.
Amar quem teme o amor é como se apaixonar por uma sucessão de desistências."

Marla de Queiroz

domingo, 28 de novembro de 2010

Andrea Doria - Legião Urbana

Às vezes parecia
Que de tanto acreditar
Em tudo que achávamos
Tão certo...

Teríamos o mundo inteiro
E até um pouco mais
Faríamos floresta do deserto
E diamantes de pedaços
De vidro...

Mas percebo agora
Que o teu sorriso
Vem diferente
Quase parecendo te ferir...

Não queria te ver assim
Quero a tua força
Como era antes
O que tens é só teu
E de nada vale fugir
E não sentir mais nada...

Às vezes parecia
Que era só improvisar
E o mundo então seria
Um livro aberto...

Até chegar o dia
Em que tentamos ter demais
Vendendo fácil
O que não tinha preço...

Eu sei é tudo sem sentido
Quero ter alguém
Com quem conversar
Alguém que depois
Não use o que eu disse
Contra mim...

Nada mais vai me ferir
É que eu já me acostumei
Com a estrada errada
Que eu segui
E com a minha própria lei...

Tenho o que ficou
E tenho sorte até demais
Como sei que tens também...

sábado, 27 de novembro de 2010

Pensamento para Hoje


"Sou o que quero ser, porque possuo apenas

uma vida e nela só tenho uma chance de fazer o que quero.
Tenho felicidade o bastante para fazê-la

doce dificuldades para fazê-la forte,
Tristeza para fazê-la humana e esperança

suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes não tem as melhores coisas,
elas sabem fazer o melhor das oportunidades

que aparecem em seus caminhos."

Clarice Lispector

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Mistério... foi a palavra chave do comentário do post anterior. Sim.... ela tem razão... mistério é importante e sedutor. Tentamos fazer mistérios em vários casos. Tento claro... usar isso como forma de sedução ... Entretanto, o mistério nem sempre se manifesta como desejamos.
É natural que guardemos para nós aquilo que nos envergonha ou que não achamos que as pessoas devam saber para não nos julgar.

Mas o que vem a ser mistério?


Há mistérios em nós mesmos que jamais serão desvendados...
dentro de cada ser existe um lado obscuro e ao mesmo tempo fulgás,
desejando veementemente que venha a se externar.
Há cantos nos segredos, músicas liberadas em lados ermos...
Onde ninguém jamais saberá o condão de tamanha musicalidade.
Mistérios que nos fazem perder a razão.
Existe uma certa estupidez nos mistério.... estupidez por deixar que eles nos controlem.
Mas é um doce veneno esconder e provocar...
A mulheres se tornam mais interessantes com seus mistérios.
Exalam hormônios que fazem qualquer homem perder o juízo diante de suas grande armadilhas.
Por vezes, para ser grande... escondemos nossos anseios, passado e volupías.
Ainda sim, fazemos do mistério nossa arma principal para conseguirmos garantir nossas conquistas.
Mistérios... controlam tudo e todos....
Esquecemos da castidade e da virtude... nesse momento nos tornamos a mais pecaminosa forma de vida, escondendo, ludibriando e conquistando o que nos é objeto de desejo.
Aliado e amo mesmo tempo algoz.
Mas jamais ficaremos inertes ao seu fascínio, e sempre será uma arma poderosa a ser utilizada.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

mais asneiras de minha caixola....

Meus amigos sabem que minha mãe tem restaurante desde que eu tinha 3 anos de idade.
Portanto sei mexer nos utensílios de cozinha com graça e majestosidade.
kkkk
além de saber fazer delícias na cozinha!!!!
Pois bem... ontem ao tentar abrir um pote de Açaí..
"voilà"!!!
Cortei a mão com a faca ... tendo como resultado, um belo corte e alguns pontos na mão...
Não obstante a isso, ainda machuquei a boca a semana passada e tive uma infecção.
Disse á minha ilustre mãe, que me jogasse fora e fizesse outra pois estou bichada!!!
Tento ficar quieta e não consigo... cada hora arrumo mais atribulação.
Melhorei da patinha...
e crente que poderia voltar á dança me ocorre esses fatos.
O que fazer?
Ai ai... acho que devo ir á um terreiro para me benzer...
Parenteses para o comentário!
- Um colega vira e diz que além disso, deve ter uma "pomba-gira" do meu lado pois ando arrumando muita confusão com homens que se candidatam ao posto de sapo encantado.
Afff... era a injeção de animo que precisava.
Além de tudo existe esses homens complicados que não entendem o que falo ou desenho!!!
Não entendem que quero um único amor e que figurinha repetida não preenche álbum de figura! kkkk brincadeirinha!!!!
A dificuldade de encontrar um amor verdadeiro e que não use nada contra a gente está difícil.
Homens estão egoístas devido ao próprio comportamento feminino de querer apenas um relacionamento que satisfaça suas necessidades e nada mais.
Onde está o companheirismo, o carinho, a vida á dois?
Me pergunto onde vamos parar.
No hospital vi companheiros, maridos e namorados sem o menor cuidado com quem estava lá.
Oh... quem dera eu meu príncipe sapo montado em um celta branco estivesse do meu lado. Acredito que ele saberia como cuidar de sua gatinha dengosa e manhosa!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Hoje em dia não tem mais cavalo alazão na história não, é carrão mesmo.... 75 cavalos pelo menos!!
Bom.. isso quer dizer que a docei e meiga princesa bichada ficará por mais alguns instantes de molho... seu coração bate ... mas como se encontra não tem coragem de jogar suas madeixas para que o belo sapo principe venha te socorrer.
Ai.. e agora... será que alguém vai ajudar a pobre donzela dengosa com essa mão inutilizada momentaneamente?
Aff melhor parar por aqui...
os remédios estão acabando com o tico e teco saudáveis.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Em meio ao barulho da cachoeira,
do tilintar das águas,
sinto meu coração bater mais forte.
Minha cabeça parece um turbilhão de água.
Noto que estou perdendo o controle.
O controle de tudo que acredito e tenho.
Sinto que vou enlouquecer longe de você.
Seu toque majestoso me deixa perturbada.

Perco a respiração.
Quero, desejo e preciso te sentir.
Vamos juntos acolher a loucura que nos assola.
Nos entregar a paixão que brota de nossos corpos.
A lua sugere uma entrega completa.
Sua boca persegue a minha...
Domino sua mente e seus pensamentos.
Sejamos a loucura do momento e da paixão que nos consome.
Entregue-se que eu me entrego!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

só essa noite!

só essa noite quero te sentir...
só essa noite desejo que sua vida seja minha...
só essa noite quero esquecer do mundo...
só essa noite seremos dois...
só essa noite perderei os sentindos em seus braços...
só essa noite você pedirá que eu fique eternamente com você!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Sinto que a ausência de seus beijos
a falta de sua mão pelo meu corpo
fazem a cada dia meu amor definhar.
Encanto-me com novos caminhos
A sorte me foi lançada
novos horizontes que tentam minha mente.
Novas perspectivas surgem.
O pior... (ou melhor) é que estou caindo na tentação.
Mas que tentação doce e gostosa tentação pecaminosa.
Invade minha alma, domina minha razão.
Ah, como eu quero poder desejar o desequilíbrio racional
e me entregar por completo a imbelicidade da falta de senso.
Desejo somente me entregar a luxúria dos novos sentimentos.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Ah! Saudade


"Ah! Saudade
Dor que vem devagarzinho, de mansinho,
Vai chegando como quem não nada quer...
Se instala sem pedir licença...
Como o vento... é brisa que vai aumentando sem se ver...
Ah!...Saudade...
Tu és a ausência de alguma presença...
És a musa inspiradora dos poetas...
Companheira dos amores perdidos... desiludidos, sofridos...
Dos amores banidos...
Ah!...Saudade...
Lição de vida... E que lição... que vida...
Vida vivida... aprendida...sofrida.
Lição de quem já amou, sofreu... enfim... viveu.
Ah!... Saudade...
Saudade da infância... das brincadeira...
dos lugares... dos amigos... dos parceiros...falsos ou verdadeiros,
Dos namoros, das musicas, das conversas,
Saudade é dor doida...
Porem,sincera...
verdadeira...
Ah!... Saudade...
Enfim... saudade...
Companheira de uma vida inteira... "

Autor desconhecido... pelo menos para mim!

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

venha

"Queria que você, sem uma palavra, apenas viesse."
Clarice Lispector


Viesse para que eu provasse seus lábios,
viesse para que eu sentisse seu toque.
Sem nada falar, apenas me abraçar,
me tomar, me fazer sua.
Conhecer você pelo toque,
descobrir seus segredos em seus sussurros.
Queria que você sem nenhum aviso aparecesse.
E nesse momento, mesmo que por um único quarto de hora,
ser meu, no completo silêncio do prazer.

terça-feira, 19 de outubro de 2010

sentir...

Você invadiu minha mente.
Se apoderou de meus pensamentos.
Lembrei de você dormindo ao meu lado.
Das suas palavras quando resolvíamos brincar.
Da sua gargalhada.
Do seu cuidado comigo.
De suas mãos passeando pelo meu corpo.
Senti saudade de seu cheiro.
Senti saudade do seu caminhar.
Senti saudade de sua respiração.
Senti saudade de seu abraço.
Quase puder sentir o sabor de sua boca sob a minha.
Seus lábios tocando os meus.
Senti saudade até de nossas brigas.
Não quero pensar ou recordar tais momentos.
Quero liberdade, liberdade de você...
liberdade do que vivemos.
Te esquecer??
De alguma forma já esqueci... ou pelo menos adormeci pensando que sim.
Não quero você povoando minha mente.
Não quero você invadindo minha história.
Não quero você ... vivendo na minha sombra.
Não quero mais saudades, lembranças e afagos.
Quero página virada...
quero deixar de ainda ser sua de corpo e alma,
apesar de você ter ficado marcado como tatuagem em mim.

sábado, 9 de outubro de 2010

Solidão...

Esse comentário abaixo, me fez pensar e me deu vontade de escrever,
espero que o dono do comentário não ache ruim!
E se achar, já antecipo minhas desculpas!





Li o que "alguém" escreveu:

"Outra emoção forte é a solidão.
Estou na nova rodoviária de Brasília, cheia de gente.
E mesmo assim me sinto sozinho"


Solidão é uma palavra forte. Forte de ouvir, dizer e sentir. Realmente, muitas vezes, estamos entre 100 pessoas e nos sentimos sozinhos. Em outras oportunidades, apenas uma pessoa pode ser capaz de preencher nosso mundo. A solidão é boa para que possamos aprender a conviver com si próprio. Já percebeu o quanto é difícil nos aceitarmos? O que mais temos vontade de fazer quando erramos é ficar sozinho. Porque assim, não temos que dar explicação a ninguém do nosso erro. Mas mesmo assim não aproveitamos o momento como deveria ser aproveitado. Deixamos passar a melhor hora para sermos críticos com nós mesmos. Adoro esses momentos pois neles acabo descobrindo meus maiores medos, meus melhores acertos e me descobrindo de verdade. Acabo por conhecer melhor quem sou, novos sentimentos, novas reações. Para ter certeza de tudo volto a lugares que achei que seria covarde em visitar novamente ou pensar. O problema é o cuidado em deixar que a solidão seja nossa única companhia. Irônico e contraditorio, não é mesmo??!! Mas é comum deixar isso acontecer. Muitas vezes o cotidiano de nossa atribulada vivência não nos deixa experimentar novos mundos, explorar novas amizades ou até mesmo somente dar um passo para fora da soleira da porta de nossa pequena existência abandonada e sozinha. Podemos controlar tais sentimentos? Podemos ser donos de nós mesmos? Não, não podemos. A única maneira de reagir é interagir com esses sentimentos que fazem parte de nossa essência e deles tirarmos proveito por ter os tornado cada vez cristalinos, mais trabalhados e fortes. Parece uma sátira ao que sentimos? Pode ser... mas é uma realidade na qual devemos sorrir com sarcasmo.
Se não podemos vencê-los (os sentimentos), vamos aprender e nos desenvolver com eles.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Não entendo porque me tomas,
me julgas sem me conhecer ou saber quem sou!
Não tenho a menor intençãoo de te convencer do que sou.
Apenas desejo que voce decida o que queres.
Da minha vida cuido eu...
e dela faço o que quiser.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Em meio a meus devaneios,
vejo-te, beijo-te, desejo-te.
Com uma volúpia incansável.
No calor e no âmago da noite,
em lençóis sedosos e solitários,
imagino meus lábios tocando seu corpo.
Em seu terreno proibido desvendo seu desejo.
Passeio por sua anatomia sedenta de conhecimento.
Em suas contorcidas, a empolgação cede lugar a excitação.
Em minha cintura se agarra,
em meus cabelos se perde,
Sua vontade ardente de perder os sentidos é latente.
Sua pele clama por adentrar e conhecer meu corpo.
Tão forte este enredo!
Deixa-me perplexa com a magnitude do extasie.
Ah esses doces devaneios!
De forma fatal e descomunal abro os olhos...
e infelizmente percebo que não passou de um sonho...
Sonho que me atiçou.
Sonho de calores, fulgores e indiscreto.
Apenas um sonho...
um sonho inocente e encenado no palco da luxuria.

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Imaginação aflorando!
Pensando nos caminhos do seu corpo.
Nas curvas existentes,
nos terrenos nunca antes desvendados.
Meus lábios podem realizar uma excursão
onde o prazer será o principal motivo da viagem.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

A arte de se fazer de burra ou sonsa!


Vocês já perceberam que nos mulheres temos a capacidade de nos fingir de morta para comer o cú do coveiro?
Não se assustem... é a mais pura verdade.
Engolimos desculpas e historias mirabolantes em nome do social.
O social o caral... %^#@@#$%^&*
Os homens subestimam nossa inteligência.
Ainda mais quando no caso é o famoso interesse de pegar. Acha que caímos em qualquer chocolate apresentado.
Bom... eu chocolate não serve como isca para mim... não como... kkkk me provoca enxaqueca!!! A investida tem que ser boa!!! Senão... não tem bilu teteia!!!
Outra coisa que fazemos cara de burra, jeito de cega, e ouvido de surda é nos relacionamentos que tentamos levar a sério.Para podermos manter um relacionamento verdadeiro temos que ser atrizes tem hora... ou simplesmente esquecermos de nossas convicções.
Mas acredito que eu já passei disso. Engolir as tramoias de ex mulher, e ainda por cima ver a cara de tongo mongo que o seu companheiro faz, é uma questão de sangue de barata.
Tá.. sou ex também, não fui santa... mas pelo menos não crio planos maléficos do tipo Pink e Cérebro para atrapalhar quem foi embora há quase 3 anos ( no caso dele).
Não gosto de ser levada como boneca de porcelana. E nem tenho sangue de barata.
Nós fazemos de idiota e desentendida diante de certas investidas, tudo em prol do relacionamento. Mas quando você percebe que as vezes as coisas não estão como você imaginava.
Ciumes, insegurança... e ai nos fazemos de sonsa para entender e dizer que não há nada.
PUTZ! Ficar quieta só observando enquanto podemos. NÃO DÁ NÃO!!!
Aí vem a hora de comer o c... do coveiro. O pulo da gata...
é... o que fazer... não fui criada nessa arte.
Não sou fã da arte de se fingir de burra ou sonsa...
Uma hora eu canso.
enquanto isso...
fico pensando nas possibilidades!
Quem sabe uma fugidinha para clarear as ideias!!

"O jeito é dar uma fugidinha com você
O jeito é dar uma fugida com você
Se você quer
Saber o que vai acontecer
Primeiro a gente foge
Depois a gente vê."

Santa, capetinha ou sonsa!?????
"Se você me querer vai cometer um erro e se não querer também. Se me aceitar, vai passar o resto da vida comigo sem saber quem eu sou, mesmo respondendo todas tuas perguntas... mas sabemos que não é osuficiente e eu vou lhe machucar inumeras vezes. E se não me quiser também pois eu serei a única a capaz de salvar a sua... vida. Eu quero ser você, pois o meu erro é te amar."
Nay Jinknss

domingo, 19 de setembro de 2010

No meio da madrugada...
quente e estrelada...
acordo com saudades de sua pele.
Desejando seu toque,
seu beijo,
seu corpo sobre o meu!
Saudade é algo complicado...
nós faz lembrar coisas vividas que foram surpreendemente fervorosas...
nós faz esquecer, por alguns instantes, os sentimentos ruins que ficaram e marcaram o coração... o que você sente, nunca é esquecido.
Palavras e gestos podem ser levados com o tempo.
A marca dos corpos se tornando um só é algo inebriante e inesquecível.
Me perturba a lembrança do seu beijo,
do seu cheiro, de suas mãos por minhas curvas,
de seu movimento sincronizado com o meu,
de nossas peles suadas e grudadas.
Saudade... dói... consome...
desejo ardentemente você enroscado a mim,
nem que seja , tão somente, para dizer:
- te tive uma vez mais!

sexta-feira, 3 de setembro de 2010


Você tenta de todas as maneiras me reconquistar.
Atenções. carinhos e mimos.
Não fez nada quando podia...
agora... quer corrigir!
Passou... já foi!
Você está conseguindo fazer muitas coisas...
Menos uma...
a de que eu queira ficar ao seu lado!
voei ... feito borboleta.. para longe
e agora não desejo voltar.
Outros jardins conheci,
outros jardins provei...
me encantei, e lá é onde desejo estar!

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

As coisas são complicadas ou a gente que complica?

As coisas nem sempre são complicadas,
a gente é que tem mil caraminholas na cabeça
e ficamos de lá para cá sem saber o que fazer...

Eu mesmo nesse exato momento não ideia do que to fazendo.
Pirei?
Não!! Isso sempre fui...
Na realidade cansei!

e tenho dito!

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Recebi essa declaração do meu amore por email e compartilho! AMEIII!

"Acordo todos os dias e deixo meu corpo se levantar, não tomo conta dele nos primeiros minutos, tudo funciona no automático, depois de alguns passos abro meus olhos e penso em você: o primeiro pensamento do dia. Ando pelo apartamento dando passos aleatórios que me levam para o banheiro e depois para a cozinha, onde preparo meu café. Sento depois na cadeira da mesa da sala e começo meu breakfast matinal. É nessa hora que penso mais em você. Já acordou?, já tomou café?, já saiu para o trabalho?, como está vestida? Depois que já estou na rua a caminho do trabalho, penso que quando chegar em minha sala abrirei minhas redes sociais e poderei me conectar a você. Isto faz com que eu me sinta muito próximo, apesar da distância! O dia passa e não deixo de ter você em meus pensamentos em nenhum minuto. O que ela está fazendo agora?, tem alguém enchendo o saco dela?, espero que esteja tudo bem no trabalho, e que você não se estresse. À noite espero chegar em casa e ter você comigo novamente no Skype. E assim caminha a minha vida: entre você e todo o resto que a habita. Estudar para concurso, esperar e esperar para te ouvir novamente no dia seguinte, ligar para você a noite e conversar pelo celular, resolver nossos problemas (que tanto nos afligem)! Não vejo a hora desses problemas ficarem para trás e vivermos nossa vida juntos e em paz. Desejo em cada prece e em cada novo dia que você me ame cada vez mais, porque te amo com a mesma intensidade todos os dias.
Ontem (como em todos os outros ontens) dormi pensando em você, pedindo aos céus que abençoe nossa união e nos coloque juntos o quanto antes. E assim vai a vida que se leva. Pode parecer coisa de lunático ou sonhador, mas não deixo de desejar e, principalmente, praticar a paixão e o amor que sinto por você todos os dias!! E pra não deixar passar: eu te amo!!! "
Aliiixandre
http://contosecultos.blogspot.com/

P.S: O Alixandre é porque ele diz que não falo AlExandre e sim AlIIxandre!! kkk

sábado, 21 de agosto de 2010

Apenas vou gritar que amo você...

Apenas vou viver meu amor por você!

Apenas vou seguir minha vida com você.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

frase de hoje

"Eu acredito que nada acontece por acaso.
As pessoas mudam para que você consiga deixá-las para lá.
As coisas dão mal para você aprender a apreciá-las quando estão boas.
E às vezes, coisas boas se separam para que coisas melhores ainda se juntem."


Marilyn Monroe

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Caso, compro uma bicicleta ou fujo com a bicicleta?


Casamento.. hummm coisa complicada
Não acredito que seja uma instituição falida.
Tudo bem confesso que tive 3 pedidos de casamento nos últimos dois meses.
De pessoas difirentes. E ando relutando em aceitar um dos pedidos.
Dois do meu atual namorido e outro pedido do ex... ex namorado, falecido, ex que é ex que ser o atual agora... (isso é uma história doida que conto depois).
Mas será que estou pronta para um novo matrimonio.
A festa é a melhor parte, programar tudo, imaginar... já está tudo na minha cabecinha...hihihi...(um show a parte como sempre!)
Isso é fácil.
O complicado é se entender com o companheiro.
A convivência, o gênio e todo o resto.
Acostumei a dormir sozinha de novo na cama de casal.
Sou espaçosa! Durmo atravessada e com 5 travesseiros que pela manhã estão todos no chão! Será que vou conseguir dividir a cama novamente?
Falo dormindo... converso, bato altos papos... kkkk
Comer na panela... gente adoro um mexido e comer dentro da panela então... hummm prazer indescritível... coisa de goiano mesmo! com marido não podemos fazer essa coisa feia... comer na panela!! kkkkk
é muito bom ficar um dia inteiro de pijama em casa sem me preocupar com nada... só vendo filme e comendo tele-entrega... kkkk ... será que isso vou conseguir essa mordomia casada?
Adoro tomar banho, passar óleo hidratante e sair molhada do banheiro e nua pela casa. Hummm ... será que não vai haver reclamação de estar molhando todo o chão a casa...
Fato que não é problema, é só enxugar depois, nada que um paninho não resolva.
Não sou bagunceira, gosto da casa arruma, eterna reclamação do ex- marido ... o exagero em deixar a casa em ordem e limpa.
Tem coisa que irrita mais do que roupa no chão e sapato no banheiro?
Para mim não....
Afff... será que irei ter que passar por isso de novo.
Meus anos de casada foram anos vividos, bem vividos (eerrhhh, pula essa parte), mas esse 1 ano e 10 meses de vida de solteira em casa me fizeram ficar egoísta.
Guarda roupa só para mim...
Poder colocar a música alta e sair dançando pela sala.
Um bom mexe mexe bum bum para espantar os males, amo dançar... de paixão!
Poder dormir de meia.... que delícia...
Não ter que agüentar crises de ciúmes, reclamações de que minhas amigas são estranhas, de que fulano está me paquerando e por assim vai...
Receber quem eu quiser em casa... Minha casa agora tem visita sem parar!
Meus Deus... será que vou me acostumar a dividir de novo?
Sinto falta de fazer compras juntos. Arrumar a casa conversando... Acordar de manhã reclamando que estou com fome e ter o café posto (eu acordo de manhã com uma fome louca... antes de bom dia eu digo: “Mooo... to com fome” ). Tomar banho juntos...
Sim são coisas que sinto falta. Mas é necessário casar para ter isso de novo?

No auge dos meus 33 anos, assessora jurídica, professora universitária e mestranda... SEM FILHOS, penso se não é hora de investir mais em mim do que em um novo casamento.
Se pensarmos que sexo é algo fácil de resolver, companhia para sair temos várias e não tenho que lavar roupa, cozinhar (cozinho muito bem diga-se de passagem), e ainda por cima viver arrumada como boneca, porque homem não agüenta mulher mulambenta... não há motivo para casar!
E agora o que faço?
Caso ou compro uma bicicleta?
Posso fugir na bicicleta também...
Será que realmente é preciso isso ou estou na fase de que quero um pouco mais de liberdade antes de me enlaçar de novo?
E agora quem poderá me ajudar?

domingo, 15 de agosto de 2010

As palavras bailam em minha mente...
não sei como explanar minha saudade.
Saudade de você, do seu toque, do seu cheiro.
Não tenho saudade do amor, pois o amor sempre está comigo.
Sinto saudade do seu corpo. Saudades físicas.
Amo a maneira que seu corpo se encaixa no meu.
Me tortura pensar na ausência do seu toque.
Sua boca, capaz de magicas indescritíveis ... me domina.
Desejo você incansavelmente
Quero sentir no meu âmago esse amor.
Sentir, viver e aproveitar ao máximo.
Quero tudo...
quero você...

quarta-feira, 11 de agosto de 2010


...

?

será que eu consigo realizar a dinâmica do invisível?

nada mais...

terça-feira, 10 de agosto de 2010

The Only Exception

The Only Exception (Paramore)

Me utilizo de algumas palavras dessa música,
para afirmar que você é minha única exceção.
O amor ressurgiu em minha vida.
Percebi que pode ser verdadeiro
Você e a exceção de tudo que deixei de acreditar,
de tudo que não mais queria ser enganada ou iludida.
Você se tornou a única razão para que eu acreditasse no amor novamente.
Você apareceu e me fez ver que vale a pena viver o estouro da paixão e se entregar ao amor, mesmo sabendo que um dia ele pode acabar.
Quero viver a todo instante momentos que podem ser únicos.
Me entregar a você e aos nossos sentimentos.
Você é a exceção que eu precisava para renascer.
Você é tudo que eu quero,
que eu preciso e desejo.
Minha exceção... esta que foi suficiente para me fazer voltar a amar.

"I've got a tight grip on reality,
But I can't let go of what's front of me here
I know you're leaving in the morning, when you wake up,
Leave me with some kind of proof it's not a dream

you are the only exception
You are the only exception"

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Sinto uma ardência dentro do meu coração
estremecer meu corpo
queimar meu juízo
minha'alma suplica por você
A saudade invade meu ser
me perco em tamanha turbulência
Turbulência de sentimentos
mistura de amor, saudade, raiva e desejo
Quero te ter novamente
Sentir sua pele colada a minha
Você urrando de prazer ao desflorar minha inocência
Nunca se satisfazendo
Querendo transformar dois em um
Meu sexo colado ao seu
Meu corpo explorado por você
Nosso amor se materializando carnalmente
Venha aproveitar da luxuria que forneço á você
Venha aproveitar do que é somente seu
Por conquista e demarcação!
Sim tenha a posse de mim por completo
Assuma os riscos
Encare seus medos
Solte seus receios e demônios
E venha ser meu!

domingo, 8 de agosto de 2010


teu corpo...
um poema,
uma canção.

desejo,
vontade,
libertinagem.

sensualidade a flor da pele..
carne,
respiração,
gemido.

você e eu.
deixamos as mãos rolarem por nossos corpos,
instinto,
suor.

lábios...
língua,
mordidas.

meu corpo...
seu corpo...
grudados pelo prazer
viciados no odor de nossa paixão.

vivamos nosso momento de gozo intimo...

o amor vira ódio de forma estranha.
não digo que o meu virou ódio...
mas morreu!
não pensei que fosse ser assim....
mas um sentimento falso mata um verdadeiro.
Ou seja, te dei amor, você me deu mentiras,
me entreguei... você fugiu...
o amor...
morreu com a dor.

sábado, 7 de agosto de 2010

o barco que zarpa...

A vida é complexa mas ao mesmo tempo simples.
Amamos demasiadamente,
deixamos o amor por vezes escapar de nossas mãos.
Porque só dar valor quando o amor vai embora??
Quando vemos a felicidade partindo em novo barco,
resolvemos ir atrás.
Quando o barco zarpa pode ser tarde demais.
Enquanto estava atracado no coração ferido era fácil recuperar o tesouro perdido.
Não sei que rumo tomar.
Sei somente que a velejar estou.
Em um mar de sentimentos confusos e intensos.
Tentando encontrar um pier seguro para atracar,
E onde estará?
Nesse mar estou me perdendo.
Desejo somente o vento batendo em minha face...
me acalmando...
e ter a lua como testemunha das minhas lágrimas e dúvidas.
Para que ao nascer do sol, venha a resposta com um sorriso...
o sorriso da verdade e de tudo que preciso.
Ancorar meu barco que um dia zarpou...

sexta-feira, 6 de agosto de 2010


De volta a realidade,
sinto falta dos seus beijos,
de sua mão me acariciando.
A lembrança consome meus dias.
A certeza de que ficarem unidos aumenta.
Desejo você fervorosamente.
A cada dia,
a cada momento...
Seja meu...

domingo, 1 de agosto de 2010

Estripulias

Pois é... fiz tanta folia nas férias que deu no que deu...
final de férias com o pé imobilizado engessado e sem saltinho para pisar no chão...
aaahhhh quero ir na praia... !!!!!
destendi o ligamento disse o médico...
Ficar de molho mais tempo... eu não estou na minha cidade...
estou em uma cidade de litoral com praia e um monte de lugar para ir...
afff volto para o quadradinho do Brasil urgente depois disso!
Estou proibida pelo médico de pisar no chão... kkkkk
E agora? o que eu posso fazer?
Somente ser paparicada, cuidada, mimada, dengada e etc....
Quem mandou ser fuleira e ficar pulando dos lugares....

sábado, 24 de julho de 2010

Uma parada para comentar....


Parei um minuto de minhas férias para falar e perguntar:
- Porque as pessoas só dão valor quando perdem?
A gente avisa, explica, ensina, põe no colo e as pessoas não escutam... é difícil entender... mas temos que aceitar... verdade seja dita:
- Só se dá valor depois que perde.
Fui embora.... e não sei se quero ou se vale a pena voltar...

"O valor das coisas não está no tempo que elas duram,
mas na intensidade com que acontecem.
Por isso existem momentos inesquecíveis,
coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.

sábado, 17 de julho de 2010

Vou curtir...


Gente... momentaneamente estarei fora por uns dias!!
Apenas 15 dias de descanso merecido!
Bjs e não me liga... fuiii...
Se der posto alguma coisa...
Se der tempo...
kkkk
AMMMOOOOOO!!!








quinta-feira, 15 de julho de 2010

Uma conversa inocente pode revelar muitas coisas.
Um desejo, uma vontade.
Coisas que ficam guardadas.
é estranho a coisa da atração.
O cheiro, a pele, a voz...
Imaginação começa a fluir...
ganha asas...
Pensa-se...
a pele como será?
o gosto do beijo qual será?
o sussurro, o carinho?
A imaginação divaga...
Será que vale a pena?
Qual o preço da dúvida?
Vale a pena? O quanto você quer?
Dúvidas que somente você poderá responder...
A gatinha sabe ser felina e feroz ao mesmo tempo...
O leão? Consegue domar seu desejo...
Eu consigo dar colo, carinho e afagar a violenta culpa faminta do leão.
E você? Consegue sobreviver ao seu próprio ataque?

quarta-feira, 14 de julho de 2010

ficar off muito tempo dá nisso!

Isso que dá ficar muito tempo sem olhar caixa de email.
O que faço, deleto tudo? Leio devagarinho... ou excluo meu email.
Yahoo = 253 emails não lidos.
Hotmail = 368 emails não lidos.
Gmail = 689 emails não lidos.

Creeddoooooo!!!!!
Vou demorar muito tempo para ler todos.
E a preguiça está grande!
Aaafff as respostas vão demorar amigos...

terça-feira, 13 de julho de 2010

Começar o dia assim! é perfeito


Ganhar rosas colombianas logo cedo!
é maravilhoso.
Quanto carinho e cuidado.
Flores sem motivo...
Só pelo sentimento...
É lindo!

ADOREI A SUPRESA! AMEI!

segunda-feira, 12 de julho de 2010

anônimato

"anônimo (a-nô-ni-mo)
adj. e s. m.
Que não tem nome; que não leva a assinatura do autor: carta anônima"

Tem coisa mais irritante do que aqueles comentários
sem identificação nos posts do Blog?
Acho que não!
As pessoas que fazem isso,
são de pessoas vespilheiras, covardes que não tem coragem de aparecer.
Senão tem coragem de se identificar, não comente.
Senão tem "cojones" suficientes para assumir o que fala, não escreva.
Aaafff
Tem gente que não se enxerga.
Além de ser covarde, ainda por cima não encara a verdade.
E TENHO DITO!
p.s = ler meu email?
Ando meio sem tempo querido ditador anônimo.
Assim que eu puder eu leio.
Apesar de não ter a menor idéia de quem seja você
prezado fantasma.

sábado, 10 de julho de 2010

Confirmando... i hate saturday

Semana passada eu disse que não gosto do dia de sábado...
Bom hoje comecei minha via crusis...
Acordar cedo, ir para o trabalho... afff sábado trabalho até meio dia...
Aula de dança de tarde...
salão para cabelo, unha, sobrancelha e ect...
Logo após, meu sobrinho começa...
" Tiaaa me leva no cinema..."
No carro começa a pentelhação...
" já chegou? falta muito? tá longe? em que cinema é?"
AFFFFF .... amo criança, mas tem dia que você quer afoga-las em um pires.
Chegando no Pier "12", que não é mais Pier 21, porque só dá criançada pré - aborrecente.
Passado o problema do carro, de estacionamento, vamos para a fila dos ingressos.
Depois de meia hora na fila, em pé, chegou a minha vez de ser atendida por uma caixa em treinamento, em pleno sábado com uma fila do cão.
E não tinha mais ingresso para sessão que queríamos e nem do filme escolhido.
Aí me fazem assistir Toy Story 3... nunca gostei desse desenho... ai ai ai... coisa mais sem graça.
fui ver por livre e espontânea pressão.
Antes de entramos no cinema, resolver comer.
Meu sobrinho cisma de comer Cookie e logo só sabor que não tem.
Segui para a Temakeria... onde tem como decoração um laginho de fora a fora na entrada.
A lesa da minha irmã, resolve entrar no local olhando para o teto
e consegue entrar dentro do bendito laginho e ficar com a calça e o ténis encharcado.
Aiii...
sessão de cinema cheio de criança... pipoca voando... sobrinho pentelhando... irmã resmungando...
AAFFF... REALMENTE SÁBADO É UM DIA PARA SE FICAR EM CASA....
é um dia para arrancar a calça pela cabeça e chorar se inventar de sair!

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Pergunta idiota.... resposta tosca...

Hoje, do nada, na sua crise de carência de homem passando da fase lobo e chegando na terceira idade (olha o comprimido azul), ele chega e me pergunta:
- Amor, o que você viu em mim?
Você já disse que sou feinho, magrelo,
velho. Não tenho nada de bom. O que você viu em mim?
(parênteses meu, ele tem 46 anos, é tio)
- A que é isso tio (lembram do comercial da Sukita?), você tem potencial para ser meu escravo, meu chiuaua, meu ratinho.... kkkkkkkkkkkkkk
Ué... não mandei perguntar!! kkkkkkkkk
Pergunta idiota, resposta tosca...

terça-feira, 6 de julho de 2010

Um dia a gente descobre que o príncipe não vem em um cavalo branco e muito menos em uma moto envenenada.
Percebemos que o amor é mero contrato de interesses.
Notamos que as pessoas são como bonecas... usamos e colocamos na estante...
Parem o mundo que eu quero descer... Cansei... sou uma princesa moderna...estou mais para Fiona e Shrek...
Já acordei... o príncipe virou sapo e o castelo abóbora.
Não espero um príncipe, apenas um homem que haja como tal.
Ser educado, me paparicar, me dar presentes, pagar a conta e abrir a porta do carro.
Me acompanhar ao cinema, me ajudar a fazer um jantar para nós dois, passear de mãos dadas no shopping.
Não quero contrato, quero verdade de sentimentos,
mesmo que não sejam de extrema intensidade.
Não quero usar ninguém e muito menos me sentir usada.
Quero amar e ser amada,
não ter medo de ser eu...
ser a menina mulher que sempre fui...
em determinados momentos ser moleca,
em outros uma mulher forte e decidida.
Não quero ser julgada... ou muito menos que
me rotulem... eu sou eu... e ponto.
Sou coração, emoção, sorriso e lágrimas.
Sou gulosa, maluca e vivo de dieta...
Sou inteligente, sensual e meio lolita...
Só quero o que é mais simples e complicado...
SER FELIZ E VIVER!


"O amor é tão mais fatal do que eu havia pensado, o amor é tão mais inerente quanto a própria carência, e nós somos garantidos por uma necessidade que se renovará continuamente. O amor já está, está sempre. Falta apenas o golpe da graça - que se chama paixão."

Clarice Lispector