"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia sem fatos, a minha historia sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." Bernardo Soares

Aviso das Imagens

P.S. informo que todas as imagens aqui postadas foram retiradas da net, caso sejam de sua autoria por favor informe que darei os devidos créditos e caso não deseje a postagem a mesma será retirada.

domingo, 31 de julho de 2011

sexta-feira, 29 de julho de 2011

ahhh morena...

De repente você apareceu...
chegou do nada apenas com um sorriso sedutor e um brilho no olhar,
com um jeito faceiro, começou a me analisar.
Ahh morena...
Como não me encantar...
Com lábios cor de carmim, sorriso cativante e com perfume inebriante.
Acabou por si só por despir-me de meus medos e receios.
Morena sedutora que fez meu corpo arrepiar,
Morena encantadora
Que vives a tentar-me com a cobiça
E faze-me ansiar por seu beijo.
Curvas sedutoras...
Morena dos cabelos cacheados, soltos ao ar, com olhos de luar
Linda morena cobriu-me com seu manto de amor
Como a noite com sua ternura beijam o dia
Deitar-me ei em seu colo e terei os afagos em meu cabelo
Se dormir com seu carinho acorda-me com teu beijo...
Posso considerar-me um homem realizado se isso for consumado.
Linda morena...
Deixe eu te encontrar e te mostrar o que anseio e desejo.
Bela morena...
Sem medo e sem reservas deixe as coisas caminharem
Os cacos existentes em seu delicado coração pretendo colar
Para assim, dentro dele, ficar e fazer minha morada.
Doce morena...
Não me deixe a te esperar.
Tenho a singela esperança que nosso momento há de chegar,
E que este não vai demorar.
Pois o que mais almejo é nos seus braços estar.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

...

"Ela é intensa e tem mania de sentir por completo, de amar por completo e de ser por completo.  Dentro dela tem um coração bobo, que é sempre capaz de amar e de acreditar outra vez. Uma solidão de artista e um ar sensato de cientista… tem aquele gosto doce de menina romântica e aquele gosto ácido de mulher moderna." 
                                   
Caio Fernando Abreu

sexta-feira, 22 de julho de 2011

sim... penso, lembro e sinto...

pensando no passar dos dias e do tempo de que não para... 
confirmo que o que me anima são as lembranças dos bons momentos vividos e sentidos.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

tic tac... tic tac...

o tic tac das horas é o som que me domina e me faz perder o juízo...

quarta-feira, 13 de julho de 2011

entregando-se

E ela... naquele momento de êxtase e prazer, afundou seu corpo nele o mais que pode, com toda ânsia e desejo, como se assim pudessem os dois tornar-se um, ou até mesmo ali permanecerem aprisionados no prazer.
E ele, almejando resposta aos seus receios e vontades de fugir se entregou.... esperando a cumplicidade que somente uma mulher é capaz de fazer acontecer... aconchegando, apaziguando e acalmando sua respiração, seu coração e seus pensamentos.

E assim, em um único movimento e se encaixando entre suas pernas, deslizou para dentro de seu mundo ali se entorpecendo de luxuria, se entregando ao poder e doçura da mulher que ali se encontrava sobre seu leito.
Sorrateiramente, a divertir-se em seu corpo nu, beijando-a, acariciando-a foi despindo-se de seus temores e resistências para ali, após o coito descansasse em seus braços, entregue a paz que tanto procurava.

terça-feira, 12 de julho de 2011

pergunto:

e quando você acha que coisas boas e novas irão acontecer?

segunda-feira, 11 de julho de 2011

...

Meu cupido ás vezes é ruim de mira.
Mas não estou me importando.
Só seu viver na intensidade do sentimento.
Sentir seu beijo, suas mãos, seu cheiro, sua respiração...
Sentir você é puro êxtase.
Quisera eu, poder experimentar o toque aveludado das tuas mãos,
poder acarinhar levemente seus cabelos por entre os meus dedos sempre que tivesse vontade.
Poder sentir o encostar dos teus lábios sobre os meus, quentes e delicados, como a brisa do mar, em noites quentes de verão.
Poder morder devagarzinho pequenas partes do seu corpo, e me entregar fervorosamente ao seu prazer...
Quisera eu poder ouvir seu coração acelerado , gritando uma paixão que só existiu entre nós dois, e o corpo ficou suado e o cheiro do perfume espalhado por toda a parte de seu ser.
Quisera eu escutar você dizer, que nunca mais vai me deixar, e que sou muito especial para você.
Sentir, como se fossemos uns sós corpos abraçados em grandes noites de prazer.
Quisera eu te amar e poder te ter, sempre assim pertinho de mim.
Seremos um segredo vivo e adormecido.

sexta-feira, 8 de julho de 2011

conversando I

“Qual o segredo da felicidade?

Será preciso ficar só pra se viver?
Qual o sentido da realidade?
Será preciso ficar só pra se viver?”
                                             (Kid Abelha – Grande Hotel)

Respondo veementemente que não!

E ele me pergunta:
“Não temos a chance de machucar um ao outro?”
Parei e pensei para responder.
“ Machucar podemos nos machucar com qualquer pessoa. Com qualquer fato, até mesmo ao respirar...”
Como seres humanos estamos sujeitos aos mais diversos sentimentos.
Devemos viver sem medo do que possa acontecer. Não tempos o poder de controlar certos acontecimentos ou sentimos. Acredito até que se tentarmos controlar os acontecimentos não será uma vida de verdade.
Um coração machucado por fatos anteriores, uma alma ferida sempre terá receio de tentar se entregar novamente.
Mas guarda-se não resolve nada. Outros sentimentos podem nos machucar. E o pior é que serão sentimentos oriundos da falta de viver.... e ainda por cima fúnebres.
Não podemos ter certeza que não haverá quedas, mas com certeza muitas alegrias e acertos existirão.
Ninguém está isento da dor, do tombo, do sofrer....
Mas isso vale a pena se levar em consideração o quanto é bom viver, sentir e se entregar ao luxo dos sentimentos.
Ás vezes as pessoas que amamos nos magoam, e nada podemos fazer senão continuar nossa jornada com nosso coração machucado.
Às vezes nos falta esperança.
Às vezes o amor nos machuca profundamente, e vamos nos recuperando muito lentamente dessa ferida tão dolorosa.Não deixe de acreditar no amor, mas certifique-se de estar entregando seu coração para alguém que dê valor aos mesmos sentimentos que você dá, manifeste suas idéias e planos. E assim... se jogue...
Você tem um rosto feito pra sorrir, você sabe...
Uma vergonha se você vier a desperdiçar isso.
Sou romântica, crédula e talvez insensata.
Idealizo, gosto de pequenos gestos, goste de estar junto, e acredito no que me é dito...
Insensata ?
Posso ser por me entregar fácil aos sentimentos e não me apegar as coisas ruins que cruzou o passado.
Insensata?
Por acreditar que podemos sim nos completar e ser o que ambos procuram.
Insensata ?
Sim por querer ainda estar com você e acreditar em você.
Cada qual se entrega ao seu modo. Isso é indiferente, desde que seja verdadeiro.
Outro coração, sucumbo em batidas e assim desejo, mesmo com feridas já cicatrizadas, viver novamente, continuar aquilo que foi interrompido.
Acredite... vale a pena mudar, alterar certos conceitos para poder viver...

“MUDANÇA
( Clarisse Lispector).

Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.....
...Mude.
Lembre-se de que a Vida é uma só.
...Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.
Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino.
Experimente coisas novas.
Troque novamente. Mude, de novo. Experimente outra vez.
Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Só o que está morto não muda !
Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não vale a pena!....”

quinta-feira, 7 de julho de 2011

coisas boas para dar sorte...

Uma coisa eu tenho certeza, existem coisas na vida que não custa nada sempre fazer:
Jogar sempre sal sobre seu ombro esquerdo,
ter alecrim no seu jardim,
plantar alfazema para dar sorte
e apaixonar-se sempre que puder...

terça-feira, 5 de julho de 2011

nada na vida é imutável

Comecei o dia pensando na frase título do post.
As coisas mudam, pessoas se transformam e aprendem.
Ninguém tem bola de cristal para saber o que virá...
sabemos somente que não será igual ao que passou.
é necessário parar de fugir, correr...
parar de se degladiar com desejos...
se minha boca é um imã para você,
se meu cheiro te perturba,
se minha pele te provoca....
não lute...
não brigue...
não evite...
se entregue,
se jogue...
e arrisque a saber o pode acontecer.
não podemos controlar o futuro...
o passado já foi vivido...os cacos serão remendados.
o presente é o que nos resta!
Sinta-se vivo!
Não faça do meu beijo sua esmola.
Não faço do calor do meu corpo uma migalha.
Aproveite, deleite-se e deixe o coração bater...
O corpo clama por desejo, por luxúria, por cumplicidade.
Já sucumbi a periferia dos desejos, já cedi aos seus encantos.
Incauto, já deliciou-se nas curvas voluptuosas de meu corpo.
Não há mais o que temer...
Venha viver!

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Frase do dia

"A paz da consciência é o maior de todos os dons.
Uma pessoa com a consciência limpa não tem motivos para temer os espectros."
Lin Yutang

Estou com minha consciência limpa.

Arte de amar

"Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus - ou fora do mundo.
As almas são incomunicáveis.
Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.
Porque os corpos se entendem, mas as almas não."

Manuel Bandeira



mentira...

Já perdoei muitas coisas na minha vida.
Traição, falta de caráter, rancores, perdas patrimoniais e etc...
Mas mentira....
Mentira é uma coisa que não sei lidar, perdoar ou esquecer.
A incompetência da Mentira propagara-se ligeiramente no mundo da utopia, combinando ilusões com fantasia numa progressão infinitamente oca de verdade.  Com um sorriso seco e melindroso engolimos o que dizemos tentando acreditar em nossa prórpia história mentirosa.
O engraçado que a verdade se torna fraca e obsoleta diante da magnitude e grandeza de uma mentira. Sim, grandeza porque a cada momento a mentira infla e esconde o que antes estava á olhos nus. A angústia que a verdade desvirtuar é melhor que a alegria de uma mentira.  Analisando bem, as duas são parentes em linha direta, parecem Cain e Abel. O filho bom e o filho mau. Cada um provocando sua reação diante de sua existência, de seus atos, e cada um pagando por estes.
Sendo tentadora, nos leva a imaginar o lado doce de sua existência. Mas é doce como fel.
Viver na fantasia de que a mentira melhora o cenário vivido. A mentira desencadeia vários outros pequenos enlaces solidificados em dúvidas. Torna-se a percursora de débitos e na qualidade de fiadora a Mentira é avalista instintiva de toda a ilusão criada pela metáfora da encenação calunia proferida, enquanto a verdade tenta manter suas existência em conta gota.
A Mentira, caluniosa e influente que há muito nasceu para dar lugar a uma certa aleivosia no mundo da Realidade. Incompetente, delinqüente, nascida de cabeça quente e extremamente útil, fútil e mesquinha. Nascida de um deslize ilícito que fornece de maneira sorrateira facilidade para disseminar falácias pela vida a fora.  A Mentira, surge do engano da Realidade que, tropeçando na bondade e boa -fé, acabou juntando-se à Ilusão.
Esquece-se da honra, dos preceitos e da humildade.
Tenta-se ser o que não é, viver o que não tem e pior ainda.... Iludir as demais pessoas.
Mentira... essa arma de destruição...
Quer viver assim?
Então viva....
Mas não me ponha em seu doce mundo ilusório e teatral.

domingo, 3 de julho de 2011

um brinde ao desapego

Resolvi fazer uma faxina, tirar tudo o que não serve mais (sentimentos, momentos, pessoas) colocar em uma caixa e jogar fora. Para seguir em frente devemos deixar o passado para trás. Nada guardado em caixas, em gavetas ou no meu coração. 
Chega um dia em que se não deixarmos tudo para trás não vamos à diante. Desapego é a palavra de ordem. Façamos um brinde!

sábado, 2 de julho de 2011

Só Pro Meu Prazer - Leoni

"Não fala nada
Deixa tudo assim por mim
Eu não me importo
Se nós não somos bem assim
É tudo real as minhas mentiras
E assim não faz mal
E assim não me faz mal não
Noite e dia se completam
O nosso amor e ódio eterno
Eu te imagino, eu te conserto
Eu faço a cena que eu quiser
Eu tiro a roupa pra você
Minha maior ficção de amor
Eu te recriei, só pro meu prazer
Só pro meu prazer
Não vem agora com essas insinuações
Dos seus defeitos ou de algum medo normal
Será que você, não é nada que eu penso
Também se não for
Não me faz mal
Não me faz mal não...
Noite e dia se completam
O nosso amor e ódio eterno
Eu te imagino, eu te conserto
Eu faço a cena que eu quiser
Eu tiro a roupa pra você
Minha maior ficção de amor
Eu te recriei, só pro meu prazer
Noite e dia se completam
O nosso amor e ódio eterno
Eu te imagino, eu te conserto
Eu faço a cena que eu quiser
Eu tiro a roupa pra você
Minha maior ficção de amor
Eu te recriei, só pro meu prazer
Só pro meu prazer..."