"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia sem fatos, a minha historia sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." Bernardo Soares

Aviso das Imagens

P.S. informo que todas as imagens aqui postadas foram retiradas da net, caso sejam de sua autoria por favor informe que darei os devidos créditos e caso não deseje a postagem a mesma será retirada.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009



Sonhei com você,
sonhei com você deslizando por entre as minhas pernas.
Sonhei com você me beijando por inteira.
Sonhei que te possuía por inteiro.
Minha boca por ser corpo faz travessuras.
Você rígido por minhas coxas adentrava.
Respiração ofegante.
Beijos que não cabem em si.
Movimento sincronizado.
Demoradamente olhávamos nos olhos
com expressão de prazer e luxúria.
Querendo cada vez mais.
Safada e faceira,
vou te deixando sem controle.
Sem trégua os corpos suados continuam em movimento.
Meus gemidos te fazem perder o sentido.
Com mais força penetra meu corpo como se ali fosse o fim.
Sem depravada, esquecendo a inocência sussurro em seus ouvidos
palavras que perdem o sentido diante de sua excitação.
Paro um momento, te aperto, te arranho,
e você se entrega na minha dança.
Apega-se em meu cheiro,
desfalece em meu seio rosado.
Puritana será somente a lembrança de me possuir.
Onde seus desejos não serão suprimidos em sua masturbação
de ego e paixão.

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Autoria desconhecida


Gosto de pessoas assim...

Gosto de gente com brilho nos olhos,
que incendeia os outros com a chama do fogo da paixão,
o que é próprio das pessoas que escolheram fazer o que gostam.
Presto mais atenção, ainda,
naquela pessoa que aprende a gostar do que está fazendo…
Gosto de gente que não recua frente aos desafios de modificar o que precisa ser modificado.
Essas pessoas sabem que a força e o sucesso da transformação,
está em saber que o primeiro e o mais importante passo,
é modificar a si próprias…
Gosto de gente que se emociona com o singelo da vida.
Esses são diferenciados,
pois nunca perdem a oportunidade de enxergar o óbvio e desfrutar da beleza,
nem sempre aparente das coisas simples…
Gosto de gente que planta,
de gente que colhe e de quem sabe plantar para colher.
Esses têm a iniciativa dos empreendedores…
Gosto de gente que resiste às tentações do ilícito
e do mal e repudia todas as suas outras formas de manifestação.
Esses podem ter convivido uma vida inteira na pobreza,
mas nunca conhecerão a sua pior forma de expressão:
a pobreza de espírito…
Admiro muito os que sabem reconhecer e compartilhar o crédito com o autor da obra! Gente assim tem uma maneira a mais de se realizar e crescer pelo sucesso do outro…
Gosto daquele que tem o hábito de agradecer.
Essa prática combina gratidão com humildade,
dois ingredientes imprescindíveis para a manutenção do sucesso…
Gosto de gente perseverante, pois, sem dúvida,
a tenacidade é a forma mais certa de superação…
Admiro as pessoas que brilham como as estrelas.
Mas aprendi gostar e apreciar o brilho maior,
muitas vezes invisível: ”dos produtores de estrelas…”
Gosto de gente que repudia o preconceito em todas as suas formas de manifestação. Esses sabem o valor da inclusão e da importância de conviver com a diversidade…
Gosto de gente que engravida além do biológico.
Esse ser masculino ou feminino,
gera a vida por solidariedade e dá abrigo ao próximo.
Pessoas assim, com certeza, têm um órgão a mais que os outros:
um útero no coração…
Gosto de estar perto de gente jovem de qualquer idade.
Pessoas com essa característica,
jamais criarão rugas na alma…
Gosto de gente que sabe que o crescimento como pessoa,
vem da capacidade de tolerar o intolerável,
de conviver com o que parece impossível de conviver e muito,
mas muito acima, perdoar o que todos imaginam o imperdoável…
Gosto de gente que faz da atividade presente,
a grande construtora do futuro.
Esses terão sempre sua história conspirando a seu favor…
Gosto dos amantes do belo e estou desconfiado,
que é de gente assim que Deus também gosta.
Ontem, hoje e amanhã.
Ontem te queria longe,
hoje estou com você,
amanhã seremos um só.
O tempo é pequeno diante dos sentimentos.
O tempo para quando estou com você.
Saudade só sinto quando estou longe.
Saudade de dormir sobre seu torço.
Sentir sua respiração ofegante quando te beijo.
Bailando num ritmo só nosso.
Sincronia de corpos.
Te desejo cada vez mais.
Ser sua é algo completamente fora de contexto.

sábado, 26 de dezembro de 2009

2009 -2010

O ano acabou... 4 dias para 2009 ir embora.
Um ano cheio de mudanças e descobertas.
Um ano de novos desafios.
Um ano com muitos novos amigos.
Um ano com amores antigos, paixões novas e descoberta de novos sentimentos.
Um ano em que me descobri mais como mulher do que nesses 32 anos 10 meses de vida.
Descobri que posso ser muito sedutora,
envolvente e perigosa,
que posso perdoar coisas imperdoáveis,
esquecer coisas importantes,
lembrar de coisas mínimas.
Descobri que mesmo estando chateada descobri força para acalentar amigos.
Que mesmo estando sem crença no amor, ainda sou capaz de me envolver de corpo e alma,
que ainda sou capaz de abdicar de minhas prioridades para os outros.
Descobri que tenho muito o que trabalhar em mim, e que sou muito mais capaz do que imaginava.
Percebi que sou um a mulher rara, quase mesmo em extinção, daquelas que os homens
desejam para si, mas tem medo porque sabem que não serei submissa ou amélia.
Sou uma mistura de tudo. O que todos querem e ao mesmo tempo temem.
Sou especial. Meu ano de 2009 me fez perceber muitas coisas, me abriu os olhos para a verdadeira mulher que sou. Eu tinha esquecido a minha essência.
Espero que meu 2010 tenha muito mais coisas a me ensinar.
E que todos possam crescer assim como eu cresci.
FELIZ 2010

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

FELIZ NATAL E ANO NOVO

Um coração não pode ser guardado em uma caixa.
Mas a linhas escritas em suas aventuras podem
ser compartilhadas.
O coração tem mil histórias para contar,
história de amor,
história de saudade,
história de alegrias e tristezas.
Contar o que se passa em um coração
o faz caber em paginas, em folhas
e até mesmo em uma caixa.
Amigo fiel.
Que guarda os
segredos mais impesados,
as paixões mais improváveis
e as pessoas mais queridas.
Tenho um coração que não é de papel.
Bate forte e fora de ritmo.
Um coração de menina, puro e inocente.
Um coração que vive pelos outros.
Um coração que espera por você!
Você está completamente perturbado.
Meu cheiro, meu sabor, minha lembrança,
minha ausência te enlouquecem.
Sem saber o que fazer,
como agir ou o que dizer,
sua alternativa é apenas respirar.
Respirar não depende de você
é involuntário.

O corpo faz sem você pensar.
Sua vontade é correr para os braços
de quem te tira o sono.
Daquela que você constatemente recorda.
Beijar, possuir e sentir a pessoa
dona de seus delírios.
Doce ilusão...
Paixão reprimida,
armazenada em seu coração,
assim como as lembranças
que povoam sua mente.
Existem em um mundo a paralelo,
mas no mundo real essa existência é
abafada por sua incoerência, inconsistência
indecisão e fraqueza.
Continue respirando recordando de quem te
marcou somente por existir.
Fatos estes impossíveis de controlar.
Fatos que fogem do seu mundo.
Fatos que te perturbam.
Apenas respire... e lembre ...

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Seus olhos estão vidrados no meu colo,
Meu decote te perturba, te tira o juízo.
Sua mente viaja pelas curvas de meu corpo.
Seu desejo é completamente visível.
Você não é meu,
mas posso te sentir.
Eu não sou sua,
mas gosta de me possuir.
Não consegue se libertar do vício de me ter.
Adoro te ter entre minhas pernas.
Somos livres, mas acorrentados pelo desejo da carne,
do corpo, da pele.
Inebriante leveza do proibido.
Minha boca suculenta te chama, te seduz.
Não apenas desejas os meus lábios.
Deseja que minha boca te obedeça passando milimetricamente por todo o seu corpo.
Seu sexo rígido deseja meu toque, meu sabor, meu cheiro.
Te excito somente com meu perfume e meu sorriso.
Suas mãos agarram meu corpo, meu cabelo,
como se fosse a ultima vez que pudesse me sentir sendo sua.
Alisa meu seio como se tentasse aplacar a vontade de me despir,
de adentrar meu corpo, de violentar minha inocência,
querendo ter a minha entrega quente e umida.
Naquele momento concordaria em um atentado violento ao pudor,
regrado de luxuria, desejo, safadezas e orgias.
Sempre estou em sua imaginação,
de mil e uma maneiras,
como santa, mulher intocável, como uma devassa,
uma safada, uma menina, uma lolita.
Caixinha de pandora que tenta em vão tentar desvendar.
A única certeza que tens é a cumplicidade de nossos corpos.
Nosso sexo se encontrando.
Você invadindo minhas divisas e eu sussurando ao seu ouvido.
A libido a ponto de explodir,
aventura perigosa, voluptuosa, cheio de desejo e tesão.
Sou para você o que a sereia é para um pescador.
Um ser mitológico que representa o sexo e a sensualidade,
conhecedora das artes da sedução e da atração feminina.
Perigosa ao extremo por sua beleza estonteante e doçura eminente,
Pode me olhar de longe, sem poder me ter para ti.
Apenas sou para você a vontade insaciável de conhecer o improvável,
tocar a realidade sem nunca poder ser dono de tamanha descoberta...

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Te desejo o suficiente para te amar,
te desejo o suficiente para te odiar.
Desejo momentos que tiram nosso fôlego.
Desejo você longe.
Desejo você em mim.
Não quero pensar em te ter novamente
mas não consigo me imaginar longe de você.
Amo seu cheiro, suas mãos, suas carícias, seu beijos...
O baile do sexo em perfeita sincronia,
me faz sentir como uma Deusa... Vénus ou Afrodite...
aplaca meu desejo.
Você não liga para o que sinto ou almejo.
Egoísta você é...
por isso quero você o suficiente para amar e odiar,
não me desvinculo de você.
Por mais que eu queira ou tente...
você se tornou meu vício.
Tudo em você é como heroína,
me dá euforia e depois o vazio e a tristeza.
Quero te consumir... mesmo sabendo do estrago que me faz.
Impregnado em meu sangue, na minha pele, nas minhas entranhas.
Você... um mau necessário...
um vício que me corroí... me destroí... mas sou dependente...
Te amo com todo o lado negro do meu coração
Te odeio com toda a pureza que tenho...
Me cure... me tenha... jogue fora o pior de mim...
e potencialize o meu melhor... o meu melhor está em você!

" As vezes te odeio por quase um segundo,
depois te amo mais..."



O coração é engraçado
suporta sentimentos distintos
fortes e opostos.
Os dois andam juntos como cúmplices
O coração nos prega peças
Por um momento chego a pensar que te odeio
No outro, sinto te amar mais que a mim mesmo.
As vezes acredito estar apaixonada por outra pessoa.
Alguém proibido, alguém que só tenho por momentos.
Em seguida tenho a consciência de que não é isso.
Bloqueei meu coração e a possibilidade de me entregar a ele
Foi o combinado... senão... dele eu seria sem ressalvas ou restrições.
Você me perderia.
Dividida entre a razão e a emoção
Dividida entre o amar e te odiar
O fantasma da incerteza povoa minha cabeça
O que poderá acontecer....
Não sei se te amo mais....
quero tudo com você
mas ao mesmo tempo fujo de você!
Sentimentos antagonicos...
Odiar e amar...
linha muito ténue entre eles.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Sinto que me quer,
seus olhos não escondem seu desejo reprimido de arrancar minha roupa.
Deseja sentir-me toda sua.
Minha língua passeia por sua orelha.
Minha roupa intima, coloco em suas mãos.
Na mesa trocamos olhares.
Meus pés alisam seu sexo.
Você se segura diante de sua companheira.
Desejando que ela não estivesse ali, querendo pretexto para sair do lado dela.
Minhas pernas de deixam louco, coxas voluptosas, seios fartos...

Quer loucamente me ter, me possuir,
sabe que sou quente, umida e fogosa.
Te provoco até você perder o controle.
Me procura sem ter resposta.
Sumo em meio a multidão.
Ficas com a vontade na pele
Te olho de longe
Caio na gargalhada
Se desespere...
Me ter... de novo... agora...
não sei...
Conviva com a vontade de me possuir novamente.
Fico agora lembrando de sua cara de cachorro pidão
menino travesso, que brincou com o proibido e quer mais.
Delicio me com sua vontade,
com seu sofrimento de possuir o que não é seu.

desafio


"Tenho um ritmo que me complica.
Uma vontade que não passa.
Uma palavra que nunca dorme.
Quer um bom desafio?
Experimente gostar de mim!"
Difícil dizer adeus.
Não é fácil se desvincular.
Te esquecer não quero.
Mas devo.
Viver de ilusão não basta.
Dizer adeus é necessário.
Doí, machuca, rasga, fere.
Mas necessito seguir meu caminho.
Preciso de ti.
Quero você.
Mas não posso.
Não devo.
Então...
Adeus!

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Não confunda minhas palavras.
Muitas vezes escrevo a ermo.
Porque me tomas achando que me declaro à você?
Humpf!
Santa Prepotência a sua!
Muitas vezes escrevo sem ler, ver ou pensar.
Apenas "vomito" o que vem na mente e no coração.
Não me preocupo com o que entende pelos meus textos.
São palavras que gosto de juntar.
Quando desejo me declarar,
apenas em um olhar,
consegues saber o que quero dizer!
As palavras que aqui coloco,
não são direcionadas a ninguém.
São apenas momentos de insanidade e lucidez de quem aqui escreve!

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

O pior cego é aquele que não quer ver.
Não vê o que é paixão.
Não enxerga uma pessoa com sentimentos a flor da pele ao seu lado.
Ou, ate pode ver, mas o medo também o cega.
Pode-se apaixonar por uma pessoa diferente?
Pode-se fugir desse sentimento?
O que fazer quando alguém se faz de cego?
Não temos coragem de dizer ou arriscar em algo.
O medo da perda é grande.
A duvida paira na mente.
MERRDAAA!!!!!!!!
Será que me apaixonei? Será que se apaixonou?
Será que posso me entregar?
Será que devo me entregar?
Tudo está acertado, sem volta já...
Mas diante dos novos fatos será que posso me entregar?
Devo te querer ainda?
Devo acreditar que não sou diversão ou passatempo?
Devo crer que existe algo mais que simples troca de fluidos?
Devo?
Quero?
Posso?
Existo?
Sinto?
Apaixonada?? Será?
Apaixonados? é possível?
Não... acho que é mera paixonite, inclinação de desejo,
sexo aflorado, passatempo!! Pifff....
Acho que ficarei cega assim como você!
Ficarei burra como muitos homens, que não
sabem o que tem nos braços e escorre por suas mãos.

"Se quiser me reconquistar, não tente descobrir a razão que te levou a me perder, e sim a razão que me levou a te amar."


Diego Marchi

Como perder algo que nunca teve?
Como conquistar o que você tentou ter em vão?
Está preparado para me ter fora de sua vida definitivamente?
Ambos estaremos perdendo...
Mas viver assim... não consigo mais...
Amo, tenho paixão, mas antes de você
tenho a consciência que eu venho primeiro.
Declaro abertamente:
Me perde! Mas te amo!
Te perco! Mas me adora!

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Una canción que me mueve

Desde Que Despierto
Juanes
Composição: Juanes

Mira que mis ojos ven mejor si tú eres la luz
Y mi espera no es eterna si tú eres el final
Son tantas cosas las que yo quisiera que tú fueras
Desde el cielo hasta el infierno cada instante yo te tengo
Y mira que en mis llagas no hay dolor si tú eres la sal
Y mi herida no es profunda si tú eres el puñal
Son tantas cosas las que yo quisiera que tú fueras
Desde el cielo hasta el infierno cada instante que me das
Quiero hacerlo eterno
Para así tenerte todo el tiempo
En cada momento
Desde que despierto hasta que duermo
Y mira que en mis llagas no hay dolor si tú eres la sal
Y mi herida no es profunda si tú eres el puñal
Son tantas cosas las que yo quisiera que tú fueras
Desde el cielo hasta el infierno cada instante que me das

sábado, 12 de dezembro de 2009

Autora: Amy Sophia Marashinsky


Lilith - é uma Deusa uma poderosa deusa primordial, que representa o poder da mulher. Poder não sobre o outro ou sobre as coisas, mas sobre si mesma – o poder de ser ela mesma, de saber fazer com que seu espaço e seu lugar sejam respeitados, de se expressar e viver como seja mais apropriado para ela, sem se submeter à condições abusivas ou mandatos culturais.

Poema de Lilith

Eu danço
a minha vida para
mim mesma
Sou inteira
Sou completa
Sigo o que penso
E penso o que digo
Eu danço a escuridão e a luz
O consciente e o inconsciente
O sadio e o insano
E falo por mim mesma
Autênticamente
Com total convicção
Sem me importar com as aparências
Todas as partes de mim
Fluem para o todo
todos os meus aspectos
divergentes tornam-se um
Eu ouço
O que é preciso ouvir
Nunca peço desculpas
Sinto os meus sentimentos
Eu nunca me escondo
Vivo a minha sexualidade
Para agradar a mim mesma
E agradar aos outros
Expresso-a como deve ser expressa
do âmago do meu ser
Da totalidade da minha dança
Eu sou fêmea
Sou sexual
Sou o poder
era muito temida.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Relembrando alguns momentos e acontecimentos
deitada em meu leito,
a primeira coisa que vem á minha mente são
seu lábios,
suas mãos... deslizando pelo meu corpo,
no frio da noite, sinto seu calor,
fico enrubescida e inquieta.
Quero sentir mais que seu toque.
A inquietude é uma pressa.
Sua arrogância em falar, que
uma foto serve para lembrar,
me irrita!
Apesar da arrogância ser uma vantagem,
apenas uma fotografia
não revive sensações
somente traz recordações.
Senso de estilo interessante o seu,
o jeito de querer me provocar e olhar por minha alma.
O jeito de me "apurrinhar" e querer me
desequilibrar de minha pose suculenta.
Apenas digo, posso cair no seu jogo,
no seu desejo de brincadeiras no silêncio.
Mas quem brinca com fogo... pode novamente se queimar!!!
Posso te provocar apenas no meu olhar...
observando e te deixando sem jeito!
Fazendo te imaginar,
como posso estar, como penso,
o que desejo e o que tens a
conhecer e descobrir ainda!

sábado, 5 de dezembro de 2009

"Por fora um conceito seu,
por dentro uma personalidade minha"
Detesto quando as pessoas resolvem nos julgar pela aparência!
Digo isso porque tenho cara de menina, jeito de menina e sou muito brincalhona e dengosa.
Tenho personalidade forte, marcante, já chego chegando!!
Por vezes, as pessoas que nunca nos viram trabalhando e não conhecem nossa competência acham que não damos conta do recado.
Uma colega de trabalho se surpreendeu assistindo uma palestra que ministrei, sobre Assédio Moral e Sexual no Trabalho.
Não só pelas piadas durante a palestra, nem pelos olhares
que me seguiam e muito menos de como eu chamo a atenção para minha figura quando resolvo abrir a boca!
Ela mesmo disse que falo bem, a desenvoltura chama a atenção, e que jamais imaginava que eu provoca tanto impacto ao estar em uma oratória diante de tantas pessoas.
Outros , por sua vez, não me reconhecem dentro de um tribunal.
Dizem que fico possuída, que mudo por completo em uma audiência e que minha aparência de menina mulher vai embora, ficando somente a profissional extremamente competente.
Lembrei a reação de meus alunos ao me verem entrar na sala dizendo:" boa noite sou a professora.... " vários não acreditaram trocaram olhares entre si. Cheguei a ouvir os comentários em suas mentes: " Nossa ela é tão novinha, deve ter 24 anos!"
Bom, adorei o elogio de ser nova me plenos 32 anos de idade!
Em momentos de descontração, outros alunos de outras turmas entram na sala e não percebem que a professora está no recinto, acham que sou aluna.
Se assustam quando perguntam onde está a professora e os alunos apontam para mim!
Passado algumas aulas, os alunos ficam surpreendidos comigo!
Não tenho cara de professora... mas quando começo todo mundo cala.
Fui mordida pelo bichinho do conhecimento e ensino. Amor ministrar aula.
Me transformo nessa hora também... a menina mulher novamente se oculta deixando somente a Docente á vista!
É cómico como as pessoas gostam de julgar as outras pela aparência e não pelo que realmente são. Sem ao menos conhecer seu trabalho.
Me divirto com isso.
Minha personalidade é unica!
O conceito da minha personalidade é minha, o seu conceito... Bláhh...
Fique para você! hihihi

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

O POVINHOOOO SEM CULTURA!!!!!!

A cada dia que passa me surpreendo mais com a nossa cultura.
Primeiro virou frenesi a palavra" Ronaaaaaaaldoo".
Agora é o " que bom!!"
E o jargão " é a treva!!"

Ai ai ai, isso virou motivo de lucro para os que foram autores das pérolas.
Me lembro quando houve uma dona de casa que não conseguia falar youtube que virou hit na internet.

Estava eu aqui, sentada, tentando trabalhar em plena sexta-feira e "as sem juízo" do meu trabalho começaram:

" Piu Piu...dá uma ciscadinha, roubaram minhas galinhas, doutor chama os homens...."
(
http://www.youtube.com/watch?v=CjpOk5IkfEw)
Pasmem!! Isso é um funk... que está "bombando" por aí!!

CREDDDDOOO!!
Só falta o milho nos bailes funksss!

Depois dessa fui me inteirar com as loucas desvairadas,

(meninas... calma... vcs sabem que adoro vocês)
sobre quais são as novas perturbações da nossa atual pobre cultura...
ou melhor falta de cultura da nossa sociedade!!

Lembram da Stefanie??

" no meu cross fox eu vou sair..."

( http://www.youtube.com/watch?v=jTxrbVadNQE)
Essa coisa terrível e chata!

Pois bem, ela arrumou uma rival que canta assim:

"pisa na barata, pega borboleta..."

(http://www.youtube.com/watch?v=VYcIqsDHE1c)
Alguém me explica o que isso quer dizer???
E na música ainda fala que ela enterrou a Stefanie....
O nome dessa mais nova sensação é XIMBICA!! é mole???

Tem a dança da aranha:
" ABRE AS PERNAS E ARREGANHA É A DANÇA DA ARANHA!!"
eeerrrhhhhh.....

não to conseguindo nem imaginar a coreografia de tão indecente que deve ser!!

Meu Deusss!! Onde foi parar a MPB???
Cuidado, esses dias eu li que C
alypso é considerado MPB!!
(ARGH!!! onde?? Eu considero forró fuleiro junto com o tal de Aviões do Forró, Calcinha preta e por assim vai!!)

Ah!! Não esquecendo do forró :
"Rapariga é você, mal amada, não seja boba, ele engana você.
Rapariga e você, mal amada, não seja boba, ele não quer te ver."
http://www.youtube.com/watch?v=E07V9ryno2w
Eitaa lasqueira!!
Essa a Roberta vive cantando!!!

Bom deixando isso de lado... Onde foram parar as boas e velhas bandas e cantores?
Onde foram parar as musicas classicas? O bom Jazz? Um bom heave metal... Porque nem o heave escapou dessa.

Vendo TV surge na tela um clip de uma tal Ciara (cantora pop) e a música diz :
"You gotta shake that thang like a donkey
And go hard for it, bitch you better work!"

E a mulherada se acaba de rebolar nas festas!!

EEHHHH ..... Eu acho que nasci na época errada!
Gosto de mexer o quadril até ficar sem folego... dançar sem parar.... mas as músicas estão complicadas porque somos chamadas de cachorras e putas!!
Assim não dá!!!! Assim não dá para mexer as cadeiras!

Eita povinho!!!! A cultura é peito e bunda.... para não falar perereca!! hihihi

Como elas falam "é paiiiaaaa veio!!"


quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

me....and me... and me...

video

Do you eat sleep

do you breathe me anymore?

do you sleep

do you count sheep anymore?

do you sleep anymore?

do you take plight on my tounge like lead?

do you fall gracefully into bed anymore?

I saw you as you walked

across my room

you looked out the window -- you looked at the moon

and you sat on the corner of my bed

and you smoked with the ghostin the back of my head

Now i don't know and

i don't care

if i ever see you again

i don't know and

i don't careif i ever will be there

do you eat sleep

do you breathe me anymore?

do you sleep do you keep me anymore?

you kick my foot under the table

i kick you back can't say that

i'm ableto stand for you

or fall for you ever again

wish for a perfect setting

wishing that i am letting you

take me where you want me all over again

you can't give yourself

absolutely to someone else

Now i don't know and

i don't careif i ever will see you again

i don't know and i don't care

if i ever will be there

i saw you as you walked across my room

you looked out the window -- you looked at the moon

and you sat on the corner of my bed

and you smoked with the ghost in the back of my head

do you eat sleep

do you breathe me anymore?

do you sleep

do you count sheep anymore?

do you sleep anymore?

i don't know (do you eat sleep do you breathe me anymore?)

and i don't care (do you sleep do you count sheepanymore?)

if i ever will be there (do you sleep anymore?)

will be there

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009


"A vantagem de ter péssima memória é divertir-se muitas vezes com as mesmas coisas boas como se fosse a primeira vez."

Friedrich Nietzsche