"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia sem fatos, a minha historia sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." Bernardo Soares

Aviso das Imagens

P.S. informo que todas as imagens aqui postadas foram retiradas da net, caso sejam de sua autoria por favor informe que darei os devidos créditos e caso não deseje a postagem a mesma será retirada.

terça-feira, 3 de maio de 2011

era para ser o 12º "namorissário"!!!

Ontem recebi flores no meu trabalho.
Demorou para cair a ficha...
Do porque e de quem havia enviado tão belo presente.
As últimas flores que havia recebido somente faziam parte de um jogo de sedução e brincadeira.
De algo que não passou de mera auto afirmação para um cara de meia idade... para poder ter mais uma passatempo em sua vida pacata e mórbida...
Pois bem... voltando a realidade e ao olhar aquelas belas rosas e o presente que as acompanhavam, lembrei-me da data...
Caso estivessemos bem... seria nosso 12º  "namorissário".
Ele não esqueceu... lembrou das minhas flores favoritas e nas cores mais perfeitas.
Escreveu-me um cartão com palavras que soaram (apesar de lidas), verdadeiras.
Imagino o quanto realmente deva sentir minha falta...
Talvez me queira de volta... não sei...
Mas o que eu quero?
Que rumo meu coração me manda seguir?
Ou melhor? Meu coração quer bater descompassado novamente?
Não nego que o presente me fez lembrar a atenção e o carinho...
mas logo em seguida me fez lembrar o porque do distanciamento....
Será que podemos superar tantas diferenças?
Será que pode-se acender uma chama apagada?
12º namorissário...
não é fácil hoje em dia conseguir ficar com uma pessoa por esse determinado tempo...
não é fácil passar de 1 mês!! Cada dia as pessoas estão mais egoístas e fechadas....
Ninguém quer ouvir ou pensar no próximo...
Ou melhor, tentar se colocar no lugar do outro...
Pensar no que o outro sente, pensa ou deseja...
Não escuta, não compartilha, não compreende, não espera...
Namorissário... uma palavra nossa...
uma comemoração nossa... todos os meses ele se lembrava e fazia festa...
contava mês a mês... até o 7ºnamorrisário... quando o caldo entornou de vez...
Mas mesmo assim... continua a lembrar e a tentar ter novos namorissários...
Me entrego? Aceito? Ou vou vivendo um dia de cada vez?

4 comentários:

Agamenon disse...

eu poderia escrever um livro como resposta ao seu post...mas a única coisa que quero te dizer do fundo do meu coração {vc sabe que sou verdadeiro nas palavras} ... é que te amo!

NINA* disse...

Nunca é tarde pra recomeçar.Estamos aqui pra isso, pra aprender com erros e quando o tempo não apaga os sentimentos é pq vale muito à pena ouvir a voz do coração.

As diferenças serão resolvidas facilmente se os sentimentos forem sinceros.

Felicidades sempre.




www.devaneios-fragmentos.blogspot.com

Gaby Anny disse...

Éh ... O problema é saber se quero...

Hanna Pereira disse...

"As diferenças serão resolvidas facilmente"...

...Ou não.