"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia sem fatos, a minha historia sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." Bernardo Soares

Aviso das Imagens

P.S. informo que todas as imagens aqui postadas foram retiradas da net, caso sejam de sua autoria por favor informe que darei os devidos créditos e caso não deseje a postagem a mesma será retirada.

sexta-feira, 18 de março de 2011

vinho na cabeça e amor no coração não combinam!!!

Hoje em plena sexta feira resolvi chutar o pau da barraca. Para quem me conhece sabe que não sou de beber. Mas sexta a noite em casa com uma puta dor de cabeça resolvi enfiar o pé na jaca e tomar uma taça de vinho e pensar nas turbulências que venho passando. Bom essa taça já chegou na terceira e sei que não estou raciocinando direito, portanto pretendo aproveitar esse meu estado meio insano para desabafar ouvindo um CD que tenho a copia na qual o outra de presente para alguém muito especial. Será que ele ainda escuta?

De repente, não mais que de repente minha vida perdeu o GPS e todo o rumo que se seguia.



Nessas idas e vindas o que mais sofreu foi meu coração. É esse músculo que bombeia sangue por todo nosso organismo. Saí de um casamento, sofri, chorei, esperniei e me levantei. Após isso encarei um noivado... meio complicado por assim dizer, um cara que mora longe e que tem neura de ciúmes a ponto de não entender nada. Além de não haver coisas em comum, nunca pude conversar nem coisas do meu meio porque se falava batatinha ele entendia pãozinho... Cara dá para escrever uma novela mexicana. E sem duvida, afirmo com toda convicção do mundo que ao ler esse texto ele vai entender tudo ao avesso e vai começar com o famoso discurso do “você mentiu para mim, você não liga para mim ... “e todos os mim que existem por aí. O problema é que o egocentrismo é inferior ao heliocentrismo. Bom isso já passou! A fase carência e de me ilude que o mundo é um conto de fadas passou. Caí na trsite realidade de que você não era nada do que se mostrou ser e assim a mágica acabou.... essa fase já foi... ficou... já era...


Só que agora meu coração bate... de novo ele mostra estar vivo e bate por você... O problema é que meu coração apaixonado vive em conflito. Não quero sufocar, procurar, falar nem nada. E agora, realmente apaixonada estou, e por você que chegou de mansinho e tomou conta! Você que recebe noticias minhas mesmo quando me escondo. Você que sorriu quando disse que eu tinha que fazer a unha quando me convidou para sumir na natureza! Kkkkkkk . Você que ficamos brincando de fazer músicas para nossos "colegas", você que tem o olhar mais verdadeiro do mundo. Você que se cansa das pessoas. Mas será que o objeto dessa paixão não entende que por muitas vezes não podemos controlar as ações de terceiros? Não podemos evitar esse tipo de intervenção? Atrapalha mas foge ao nosso controle. Se fomos levar em consideração sempre esses acontecimentos iremos deixar de viver e aproveitar o que tem pela frente ...



Caracas estou em um barco sem bote. Sei dos meu erros, principalmente um chamado impulsividade, que me faz meter os pés pelas mãos. Sou ansiosa também fico torcendo que as coisas acontecem e se resolvam. Sem ao menos esperar.... Apesar que o que mais faço desde o final do ano passado é só esperar pacientemente. Não reclamo... esperei e não me arrependo. Entretanto o que mais desejo é você como éramos antes. Conversávamos, fazíamos a amor e dormíamos de conchinha. Agora... mau nos falamos. E porque? Porque de certa maneira tentei te proteger de algo que não quis dizer para te preocupar sem motivos reias. Ai sou atropelada por pessoas infantis e mesquinhas. Tá certo, você as vezes quer as coisas do seu jeito e ser controlador ao extremo. Mesmo assim não consigo parar de pensar em você, em me preocupar com você, e querer poder de apoiar. Ambos passamos por situações que ultrapassam nosso controle e nos tiram do sério. Achei que estava caminhando certo, ou pelo menos com menos tropeço e tombos. Mas porque que toda vez que resolvemos mudar parece que tudo descamba ou transborda de forma errada. Me entrego a essa garrafa de vinho como me entreguei a você. Sem mascaras ou medos. Me dei por completa, não foi um pedaço. E me joguei de uma forma que não me jogava há muito tempo.Não sei se devo ou posso esperar algo. Não sei o que fazer, estou aguardando e esperando.Esperando uma palavra sua, esperando um contato, parecendo adolescente. Mas acho que o problema maior é que você não acredita no que posso aguentar, o tanto que posso estar ao seu lado. Não estava com você somente para momentos bons como já tivemos. Sou mais mulher do que imagina e possa sua van filosofia sonhar. Amanhã posso deletar esse post assim que acordar e tomar consciência do que vomitei nesse texto. Mas no momento... somente coloco para fora o que meu coração sente. A sua falta, a sua ausência e saudades de ti. Sei que nem vai se manifestar sobre o que encontra-se escrito aqui, e nem devo esperar, assim como aos poucos as esperanças deixam meu corpo e correm para bem longe. Assim como minhas ambições ao seu lado vão se dilacerando e quem sabe esse louco sentimento que tenho acabe por desaparecer. Somente fui eu mesma para você, sem proteção, sem medo, fui a realidade da vida, a mulher madura com jeito moleque. Aquela que quer ser companheira e não ser apenas mais uma... sempre quis fazer a diferença para você. Já nem estou entendo o que escrevo, o vinho subiu na minha cabeça, e o pior é a vontade de dizer que AMO VOCÊ...


Espero não ser ridicularizada ao extremo pelas palavras aqui lançadas. Espero também que a cama pare de rodar. Meu problema é que mesmo depois de tantas pauladas ainda confio na vida e no amor. Parem o mundo que eu quero descer!

2 comentários:

Ale(atório) disse...

;-)

Anônimo disse...

Amiga, senti sua angústia ao ler este texto. Mas o conselho que te dou é que fique tqla... Nada acontece por acaso, Deus sabe o que faz e escreve por linhas tortas. Quando uma porta se fecha pode saber que uma janela se abrirá. Bjos e fica com Deus! Jaguatirica