"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia sem fatos, a minha historia sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." Bernardo Soares

Aviso das Imagens

P.S. informo que todas as imagens aqui postadas foram retiradas da net, caso sejam de sua autoria por favor informe que darei os devidos créditos e caso não deseje a postagem a mesma será retirada.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Acho que sarou... ele está querendo brincar de novo!


Amor é bicho instruído
Olha: o amor pulou o muro
o amor subiu na árvore
em tempo de se estrepar.
Pronto, o amor se estrepou.
Daqui estou vendo o sangue
que escorre do corpo andrógino.
Essa ferida, meu bem
às vezes não sara nunca
às vezes sara amanhã.

Carlos Drummond de Andrade

5 comentários:

Ranzinza disse...

NAda que um band-aid não cure

Momentos de Insanidade e Lucidez disse...

Com beijinho, carinho e ect...
Vou fazer ele ficar aqui heim!!! KKKKKKK

Maldito Diário disse...

Tô fingindo que não é comigo!!!!

Ranzinza disse...

Bestalhão...

Momentos de Insanidade e Lucidez disse...

Mas num é que ele quer crédito e ser bajulado! kkkkkk