"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia sem fatos, a minha historia sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." Bernardo Soares

Aviso das Imagens

P.S. informo que todas as imagens aqui postadas foram retiradas da net, caso sejam de sua autoria por favor informe que darei os devidos créditos e caso não deseje a postagem a mesma será retirada.

sábado, 12 de junho de 2010

A saudade aperta meu corpo.
Sinto a sua necessidade.
Os dias não passam...
faltam 36 dias para essa agonia findar.
O que fazer?
Como aplacar tal anseio?
O desejo ardente de ter suas mãos por meu corpo e pele.
Quero constantemente imaginar você sobre mim.
Saber como é sentir seu órgão másculo penetrar meu corpo.
Nossa carne estremecer...
respirar ofegante , gemer sem medo, receio ou pudor.
Sentir o sexo em sua plenitude maior.
Porque o tempo demora a passar?
E porque quando estamos juntos o tempo não pode parar?
Meu corpo clama por seu toque...
venha satisfazer a necessidade implacável e imperiosa
do desejo incontrolável de me entregar completamente á você.

3 comentários:

Maldito Diário disse...

Essa saudade tem nome, o nome do homem que vai mudar a razão pela qual você tanto se dedica.
Corpo a corpo, palavra a palavra, cada gesto e cada som vão aplacar toda essa necessidade minha e sua.
Quero enfim realizar a vontade de estar ao seu lado daqui até a eternidade...Não posso mais esperar, no entanto a espera é que tempera o desejo da carne.

Momentos de Insanidade e Lucidez disse...

você está temperando a carne?
Com sazon, ajinomoto, grill ou tempero completo arisco?

Mariana Pimentel. disse...

uau! rs. Obrigada pela visita! :)