"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia sem fatos, a minha historia sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." Bernardo Soares

Aviso das Imagens

P.S. informo que todas as imagens aqui postadas foram retiradas da net, caso sejam de sua autoria por favor informe que darei os devidos créditos e caso não deseje a postagem a mesma será retirada.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

convite??? não sei!

senti minhas pernas tremerem
ao perceber sua distancia.
sua ausência me fez chorar.
desejo seus lábios,
desejo seu gemido nos meus ouvidos,
desejo seu suor pingando no meu busto.
Rebolar em cima de ti.
arranhar suas costas.
Gemer como uma femea incontrolada;
morder levemente seu brinquedo sexual.
Derramar o meu líquido quente em seu corpo.
Tremer sem controle
e te puxar cada vez mais para dentro de mim.
Quero você,
quero te usar,
quero te fazer de meu objeto sexual
quero somente sentir seu instinto animal
nada mais...
somente saciar a minha vontade insana
de "dar" sem nada ter que esperar...
Onde está você? Onde está você para
saciar essa vontade que emanda de
dentro das minhas entranhas?
Simplismente não sei...
Venha me possuir... venha se satisfazer...
venha se divertir nas curvas de meu corpo,
sentir meu cheiro, meu beijo e meu prazer...

3 comentários:

Gustavo Henrique Silva disse...

Olá....Nossa.....deu vontade. Bons tempos..que passamos juntos. Lendo o que vc escreve da uma saudade....

Anônimo disse...

Se para bom entendedor meia pa ba, este é um convite tentador.... olha que eu acabo aceitando e aí o delito ganha qualificação.

Porpettinha disse...

Bom, Gustavo, foram tempos que se passaram, fomos noivos e o tempo se encarrega das boas lembranças.


- Para nosso Anomino digo que gostaria e muito de qualificar o crime! kkkkk ainda bem que meia pa ba resolve...