"Nestas impressões sem nexo, nem desejo de nexo, narro indiferentemente a minha autobiografia sem fatos, a minha historia sem vida. São as minhas confissões, e, se nelas nada digo, é que nada tenho que dizer." Bernardo Soares

Aviso das Imagens

P.S. informo que todas as imagens aqui postadas foram retiradas da net, caso sejam de sua autoria por favor informe que darei os devidos créditos e caso não deseje a postagem a mesma será retirada.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

não sei o que somos...
amantes?
ficantes?
rolo?
conhecidos?
não pretendo saber também...
quero continuar a sentir seus lábios.
sua pele, seu cheiro...
sentir seu desejo, sua paixão...
sentir você!

não precisamos de rótulos...
respeito mútuo existe...
intimidade que aflora...
explode e nos domina.

sentir ciumes, desejar e querer...
sempre mais e mais....
quero você, pode parecer que é de forma egoísta...
o pronunciar que é meu sempre soa como posse.
Mas entenda...
quero que seja meu o seu prazer,
quero que seja meu o seu sexo,
quero tocar com a ponta de minha língua o seu desejo,
quero que sinta dependência do meu corpo,
das minhas curvas,
do meu gemido...

nada mais...
apenas beijando,
horas afinco sob o lenço da noite
maciamente,
carnalmente,
voluptuosamente,
unir nossos corpos em um só
e poder viver sem medo de te tocar.

Um comentário:

Ale(atório) disse...

Eu sou o insano que te ama insanamente, que te deseja lucidamente, que te espera angustiantemente, que vive sonhadamente ... um louco, um bobo da corte, um cão guia, um desabrigado, exagerado ... mas completamente fiel e apaixonado!!!